-  

Deputado cearense apresenta ofício ao MEC em defesa da adiamento do Enem

O deputado federal Denis Bezerra (PSB) enviou ofício para o ministro da Educação, Milton Ribeiro, solicitando a reavaliação do cronograma do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame está previsto para os dias 17 e 24 de janeiro. No documento, Bezerra afirma que a realização da prova “é irresponsável” e “servirá para acentuar desigualdades”.

  -  

Deputado cearense pede que suspensão das parcelas do Fies sejam prorrogadas

O deputado federal Denis Bezerra (PSB) solicitou que o presidente Jair Bolsonaro, por meio de medida provisória, prorrogue a suspensão das parcelas do Fies. “Uma nova suspensão evitará alta inadimplência e trará alívio para que os gastos neste momento difícil possam ser priorizados com alimentação e saúde”, argumenta.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

PSB vai acionar o STF contra MP que permite ao ministro da Educação nomear reitores temporários

“Novamente Bolsonaro emplaca uma MP autoritária. O texto autoriza que os reitores de Universidades e IF’s sejam nomeados pelo Governo Federal durante a pandemia, interferindo na autonomia universitária garantida pela CF”.

Denis Bezerra, deputado federal (PSB), acrescentando que o PSB vai acionar o STF contra a MP 979 que permite a escolha de reitores sem consulta a acadêmica.

Foto: Câmara dos Deputados
  -  

Denis Bezerra defende renovação de decreto estadual e diz que medidas mais duras buscam impedir mais mortes

O deputado federal Denis Bezerra (PSB) também demonstrou apoio à renovação do decreto estadual, que mantém o isolamento social no Ceará, além do endurecimento das regras em Fortaleza. “Concordo com renovação, inclusive, com o endurecimento das medidas, ainda mais neste momento em que estamos alcançando o pico de disseminação da doença. Elas buscam impedir que mais vidas sejam perdidas“.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Mandato coletivo envia ofício à Prefeitura pedindo suspensão do Enem em Fortaleza

O mandato coletivo Nossa Cara (Psol), formado por Adriana Gerônimo, Lila Salú e Louise Santana, enviou ofício ao prefeito Sarto Nogueira (PDT) pedindo a suspensão da aplicação do Enem na Capital. A ação faz parte de mobilização nacional, sob o argumento de que entendimento do STF garante a governadores e prefeitos autonomia para adotar medidas de combate à Covid-19.

  -  

Em ofício, comissão de Educação da AL-CE solicita novo adiamento do Enem 2020

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Ceará formalizou, nesta quarta-feira (13), ofício para o Ministério da Educação solicitando o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020. A prova está marcada para os dias 17 e 24 de janeiro. Entre os motivos para o pedido, está o aumento no número de casos de Covid-19 no país.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Comissão de Educação da Assembleia repudia posição do MEC sobre manutenção do cronograma do Enem

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa repudiou, hoje, a decisão do Ministério da Educação (MEC) de manter as datas das provas do Enem para novembro. Para a Comissão, presidida pelo deputado Queiroz Filho (PDT), a decisão amplia as desigualdades no processo seletivo, já que um terço da população brasileira não tem acesso à internet.

Foto: Divulgação/Assembleia Legislativa
  -  

‘Torço muito para Educação voltar a ter atenção’, diz Camilo Santana após saída de Weintraub do MEC

Torço muito para que a Educação brasileira volte a ter a atenção, o respeito e o valor que merece. Que os graves retrocessos dos últimos meses sejam reparados de forma urgente. Nenhum país se desenvolve e supera desigualdades sem colocar a educação como prioridade absoluta”.

Governador Camilo Santana (PT), no Twitter, após a saída de Abraham Weintraub do MEC.
Foto: Helene Santos
  -  

Sobral e Maracanaú vão sediar escolas cívico-militares em 2020

Sobral e Maracanaú foram selecionados pelo MEC para sediarem duas, das 54 escolas do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, em 2020. Serão 38 escolas estaduais e 16 municipais, em 23 estados e no Distrito Federal. Segundo o MEC, a escolha levou em conta a localidade, a partir de uma equação com variáveis com base em critérios técnicos.

Foto: MEC/Divulgação
  -  

Apenas dois cearenses participam de reunião com ministro da Educação sobre escolas cívico-militares

Dos 25 parlamentares da bancada cearense, os deputados Domingos Neto (PSD) e Aj Albuquerque (PP) foram os únicos  que participaram, nesta terça (5), da reunião com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para tratar sobre as escolas cívico-militares no Estado do Ceará, o único do Nordeste. O projeto será implantado nos municípios de Sobral, Maracanaú e Caucaia.

  -  

Pedro Bezerra reforça apoio a Arthur Lira na disputa pela presidência da Câmara

O deputado federal cearense Pedro Bezerra (PTB) deixou a ala dos indecisos sobre a sucessão da presidência da Câmara dos Deputados: apoiará Arthur Lira (PP). “O meu partido escolheu apoiá-lo e vou seguir”, disse. Pedro conversou tanto com Lira quanto com o seu adversário Baleia Rossi (MDB) quando ambos estiveram em Fortaleza, na semana passada.

  -  

“Eu o considero um novo Eduardo Cunha”, diz senador Cid Gomes sobre Arthur Lira

Em entrevista exclusiva ao Sistema Verdes Mares, o senador Cid Gomes (PDT) classificou o candidato à presidência da Câmara, Arthur Lira (PP), aliado de Bolsonaro, como “novo Eduardo Cunha”. Ex-presidente da Casa, Cunha cumpre prisão domiciliar. “É o mesmo estilo, da esperteza, da falta de compromissos com o País”, disse o senador. Leia a entrevista. 

  -  

Aliado de Heitor Freire é exonerado da superintendência do Ibama no Ceará

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Sales, exonerou o coronel da reserva da PM, Júlio Aquino Junior, do cargo de superintendente do Ibama no Ceará. A portaria foi publicada nesta terça(19) do Diário Oficial da União. Aquino havia sido indicação de Heitor Freire (PSL), que disse que já está avaliando “nomes com preparo técnico para uma nova indicação”.

  -  

“Somos a instituição mais transparente”, diz presidente do Tribunal de Justiça do Ceará

De saída da presidência do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), o desembargador Washington Araújo fez uma avaliação das mudanças que promoveu na instituição. “No passado, fomos tidos como uma instituição hermética. Eu hoje digo que somos a mais transparente de todos os poderes”, ressaltou.

Foto: José Leomar
  -  

Jurista cearense será presidente de honra da Academia Brasileira de Direito

O advogado cearense Roberto Victor Ribeiro será consagrado como presidente de honra vitalício da Academia Brasileira de Direito (ABD). Ele é professor universitário e atualmente presidente-executivo da ABD. Com o encerramento do seu mandato na entidade, em março, ele passará a presidência-executiva ao advogado André Malcher Meira, do Pará, e receberá o novo título.

  -  

Em balanço, presidente do TJCE destaca julgamento de mais de 100 mil processos do acervo em 2020

O presidente do Tribunal de Justiça do Ceará, Washington Araújo, fez na manhã desta sexta-feira (22) um balanço do biênio em que comandou a instituição. Ao todo, neste período, foram julgados 945,6 mil processos. Em 2020, o Judiciário cearense reduziu em 112 mil as ações acumuladas no acervo processual.

Foto: José Leomar
  -  

Presidente da OAB-CE coloca sede da entidade à disposição para ser usada como local de vacinação

Em reunião do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19, o presidente da Ordem dos Advogados secção Ceará (OAB-CE), Erinaldo Dantas, colocou a sede da instituição em Fortaleza à disposição para ser utilizada como local da vacinação contra a doença. Outras instituições também têm oferecido equipamentos para a campanha de imunização, como o Ceará Sporting Club.

Foto: Divulgação
  -  

Em retorno de julgamentos, TRE analisa recurso de prefeito de Viçosa do Ceará; definição continua em aberto

O TRE-CE retomou as sessões de julgamento hoje (21). Um dos casos foi o recurso do prefeito de Viçosa do Ceará, Zé Firmino (MDB). O relator do caso, Inácio de Alencar Cortez Neto, manteve a sentença, mas votou por trocar a acusação de abuso de poder político para conduta vedada. O julgamento não foi encerrado, porque o juiz Eduardo Scorsafava pediu vistas.

  -  

Secretário Mauro Filho testa positivo para Covid-19: ‘estou clinicamente bem’

Deputado federal licenciado e atual titular da Secretaria do Planejamento e Gestão (Seplag), Mauro Filho (PDT) foi diagnosticado com Covid-19. Ele usou as redes sociais para informar que cancelou toda a agenda pública. “Estou clinicamente bem, apenas com alguns sintomas gripais“, disse.

Foto: José Leomar
  -  

Prefeito de Paracuru testa positivo para Covid-19

O prefeito de Paracuru, Wembley Beim (PDT), informou, por meio de suas redes sociais, que testou positivo para a Covid-19. Ele acrescentou, ainda, que antes mesmo de sair o resultado do teste, já estava trabalhando de casa, desde os surgimentos de sintomas gripais.

Foto: Reprodução
  -  

Cearenses de oposição fazem coro a cobranças de líderes da Câmara ao Governo Bolsonaro

Lideranças cearenses de bancadas na Câmara dos Deputados e líderes partidários traçaram prioridades, em reunião na quarta-feira (20), para cobrar o Governo Federal. “Vacina para todos, renda emergencial e imediata abertura do impeachment de Bolsonaro” são alguns pontos, aponta nota publicada pelo grupo, que inclui José Guimarães (PT) e André Figueiredo (PDT).

  -  

Com chapa única, prefeito de Chorozinho deve assumir presidência da Aprece

Apoiado pelo grupo governista no Estado, o prefeito de Chorozinho, Dr, Júnior (PDT), deve assumir a presidência da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) pelo próximos dois anos. Ele conseguiu aglutinar apoios de outros gestores filiados para formar chapa única e consensual. A eleição está marcada para o próximo dia 26 de janeiro.

Foto: Reprodução
  -  

Vice-prefeita do Eusébio, Lucinha Feitosa renuncia antes de completar um mês no cargo

Menos de um mês após tomar posse como vice-prefeita de Eusébio, Lucinha Feitosa renunciou ao cargo. Ela publicou nesta quarta-feira (20) uma carta de renúncia enviada à Câmara Municipal. Entre os motivos elencados no documento, estão mecanismos que “impedem as pessoas politicamente expostas e seus familiares de fazer negócios com muitas empresas”.

Foto: Reprodução