-  

Com plenário esvaziado, sessão da Assembleia Legislativa não tem pauta de votação

Com o plenário esvaziado, apesar do telão registrar 25 deputados presentes ‘fisicamente’, a sessão da Assembleia desta quinta-feira (8) foi mais uma vez morna, sem ter sequer votação prevista na pauta. No expediente, há apenas a leitura de projetos do Executivo e de deputados.

Foto: Nilton Cezar
  -  

André Fernandes quer proibir fechamento do comércio do Ceará na pandemia “sem reuniões” com o setor

Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei do deputado André Fernandes (Republicanos) para impedir o fechamento de estabelecimentos comerciais na pandemia. Ele quer proibir o fechamento das atividades econômicas sem reuniões com o setor. No entanto, representantes já integram o comitê de enfrentamento da Covid-19 do Governo do Estado.

Foto: José Leomar
  -  

Assembleia vai fechar e sessões serão apenas remotas durante isolamento rígido em Fortaleza

A Assembleia Legislativa vai ficar fechada a partir desta sexta-feira (5) até o próximo dia 18 de março, seguindo o decreto estadual que determina o isolamento social rígido em Fortaleza nesse período. O presidente da Casa, deputado Evandro Leitão (PDT), anunciou que as sessões plenárias, nas quintas-feiras, serão realizadas apenas de forma virtual.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Deputados pedem mais tempo para analisar projeto que estabelece as igrejas como atividades essenciais

Em reunião das comissões da Assembleia, nesta quarta (24), deputados pediram vista, ou seja, mais tempo para analisar o projeto de lei do deputado David Durand (Republicanos) que estabelece as igrejas e templos religiosos como atividade essencial em período de calamidade pública. Com isso, as instituições ficarão proibidas de fechar total na pandemia.

  -  

Plenário da Assembleia já começa a esvaziar em meio à corrida eleitoral nos municípios

A pouco mais de uma semana da campanha eleitoral, o plenário da Assembleia está esvaziado hoje (17). Dos 46 deputados estaduais, só 13 estão presentes. E as sessões ocorrem somente nas quintas. Nos bastidores, os parlamentares reconhecem que a tendência é de esvaziamento. 12 deputados são candidatos à Prefeitura e outros vão se envolver na campanha para eleger seus aliados.

  -  

Deputados de grupo de risco poderão participar ao vivo, dos gabinetes, de sessão presencial no plenário

Os deputados estaduais que pertencerem a grupos de risco poderão participar ao vivo direto dos seus gabinetes da primeira sessão presencial no plenário, prevista para a próxima quinta-feira (23), na Assembleia Legislativa. O presidente da Casa, José Sarto (PDT), falou hoje (16) dos preparativos para o retorno das atividades na sessão virtual.

  -  

TCE suspende até 31 de março sessões presenciais por conta do coronavírus

O Tribunal de Contas do Ceará decidiu suspender, até o dia 31 de março, todas as sessões presenciais do Pleno e das Câmaras. A decisão foi tomada na manhã desta terça-feira (17), durante reunião realizada no gabinete da presidência. A ação é de combate ao coronavírus que avança no Ceará. Os julgamentos no Plenário Virtual continuarão normalmente.

Foto: Divulgação
  -  

Girão classifica lockdown como ‘única alternativa’, mas critica Governo do Estado: ‘não construiu uma saída’

“Uma decisão tão radical como essa é a única alternativa em situações de total descontrole em meio ao colapso do sistema de saúde, que já era previsto, e, ainda assim, o Estado do Ceará não construiu uma saída. Faltou fazer o ‘dever de casa’ e agora não temos outra alternativa”.

Senador Eduardo Girão (Podemos), sobre o lockdown em Fortaleza. Ele disse que, “como consequência, será agravada a já crítica situação social e econômica do povo cearense”.

  -  

Deputado propõe valor maior do auxílio emergencial em municípios com alto índice de contaminação

O deputado federal  Eduardo Bismarck (PDT) apresentou projeto de lei que institui auxílio emergencial complementar de R$ 600 aos moradores de cidades onde o número reprodutivo efetivo da Covid-19 esteja acima de 1,0. Segundo ele, a renovação do benefício por quatro parcelas de R$ 250 é necessária, mas a situação em algumas localidades exige maior suporte do Governo Federal.

  -  

Após aglomerações em visita de Bolsonaro ao Ceará, Tasso quer instalação da CPI da Covid-19 no Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disse ao jornalista Gerson Camarotti (G1) que cobrará do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a instalação da CPI da Covid-19 no Senado. “Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao mandar as pessoas à morte, estimulando aglomeração”, disse, após visita do presidente ao Ceará. Ao todo, 30 senadores assinaram o requerimento da CPI.

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
  -  

Horário de votação do 2º turno se encerra em uma hora

Segue por apenas mais uma hora a votação do segundo turno das eleições 2020. Às 17 horas, pontualmente, o Diário do Nordeste e o Ponto Poder vão disponibilizar para os eleitores a apuração em tempo real dos votos em Fortaleza e Caucaia, os únicos dois municípios cearenses cujas eleições tiveram de ir ao 2º turno.

Foto: José Leomar
  -  

Eleitor leva a filha recém-nascida para votar por não ter com quem deixá-la

Frederico Miranda Marques, 30, levou a filha Maria Geovana, de apenas cinco meses de idade, para o colégio Rubens Vaz da Costa, maior zona eleitoral de Caucaia, neste domingo (29). “Não tinha ninguém que pudesse ficar com ela em casa”, justificou o eleitor. Contudo, sem fila para enfrentar, a votação foi rápida. Devido à pandemia de Covid-19, a Justiça Eleitoral recomenda evitar levar crianças para os locais de votação.

Foto: André Costa
  -  

Casal de idosos vota à tarde para evitar filas enfrentadas no 1º turno

Luiz Santana, 67, e Maria Santana, 62, votaram à tarde neste domingo (29) para evitar as filas enfrentadas no primeiro turno, quando seguiram a recomendação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foram no horário preferencial à idosos. “Dessa vez, a gente almoçou e veio, foi tranquilo e rápido”, disse Luiz. O casal votou no colégio Rubens Vaz da Costa, maior zona eleitoral de Caucaia.

Foto: André Costa
  -  

Após reunião com Dr. Cabeto, prefeitos de Crato, Juazeiro e Barbalha decidem não adotar lockdown

Os prefeitos de Crato, Juazeiro e Barbalha, reunidos nesta quinta-feira (4) com o secretário Dr. Cabeto (Saúde), decidiram não decretar lockdown. “Ainda temos uma mínima possibilidade para que isso não aconteça. (…) Se [a população] não se engajar, infelizmente, essa será uma medida que fatalmente será adotada”, disse o gestor de Juazeiro, Glêdson Bezerra (Podemos).

Foto: Reprodução
  -  

Em novo apelo ao presidente, governadores pedem compra de vacinas contra a Covid-19

Em nova carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro, governadores apelam para que o Governo Federal busque organismos internacionais para comprar doses de vacinas contra a Covid-19. “Os entes federados têm enviado todos os seus esforços, mas estão no limite de suas forças e possibilidades”, alegam os governadores, entre eles, Camilo Santana (PT).

Foto: Divulgação
  -  

Dezoito prefeituras cearenses anunciam lockdown em conjunto; veja lista

Dezesseis dos 18 municípios da Região Metropolitana de Sobral e dois da Região Norte entram lockdown na segunda-feira (8).  São eles: Alcântaras, Cariré, Coreaú, Forquilha, Graça, Groaíras, Mucambo, Meruoca, Moraújo, Pacujá, Reriutaba, Pires Ferreira, Varjota, Santana do Acaraú, Massapê, Sobral, além de Uruoca e Santa Quitéria.

  -  

“A saúde e a vida da nossa gente em primeiro lugar”, diz Cid Gomes sobre lockdown em Fortaleza

O senador Cid Gomes (PDT) se posicionou, nesta quinta (4), sobre o lockdown que inicia em Fortaleza a partir desta sexta (5). “Diante do aumento do número de casos e do iminente colapso dos sistemas de saúde, é a medida correta para conter o avanço da Covid-19. A saúde e a vida da nossa gente em primeiro lugar!”, escreveu nas redes sociais.

  -  

Delegado Cavalcante defende uso de lambedor e chá de boldo para combater a Covid-19

O deputado estadual Delegado Cavalcante (PSL) defendeu nesta quinta (4), na Assembleia Legislativa, o uso de medicamentos alternativos para tratar a Covid-19: “(…) tem a medicação tradicional, que eu usei quando tive covid, que é o lambedor, o chá de boldo e o antibiótico caseiro“, disse. Não há comprovação da eficácia dos medicamentos.

  -  

‘É uma falta de respeito com o vereador’, diz Danilo Lopes sobre projeto engavetado na Câmara

“Faz uma semana que foi votado, aprovado por unanimidade a redação final e não foi enviado ainda para o prefeito para veto ou sanção. (…) É uma falta de respeito com o vereador”

Vereador Danilo Lopes (Podemos) sobre projeto que reconhece a prática de atividades físicas em estabelecimentos privados como essencial. A matéria não saiu da Câmara.

  -  

‘Quem manda no meu voto são meus eleitores’, diz Márcio Martins após críticas de Adail

“Não adianta pressionar sobre o meu voto, não adianta pressionar sobre as minhas posições. (…) Quem manda no meu voto são os meus eleitores e eles me orientaram a votar não”

Vereador Márcio Martins (Pros) após críticas de Adail Júnior (PDT) a parlamentares que se posicionar contra o texto principal do projeto de emenda à Lei Orgânica com mudanças na Previdência.

Foto: Érika Fonseca
  -  

Mais da metade dos municípios cearenses já sinalizou interesse em participar do consórcio de vacinas

Até o fim da manhã desta quinta-feira (4), 99 prefeituras cearenses assinaram o documento demonstrando a intenção de participar do consórcio nacional de prefeitos para compra direta de vacinas contra a Covid-19. Apesar da manifestação, as câmaras municipais precisarão referendar essas adesões. O prazo é até o próximo dia 22.

  -  

‘Vote contra que a gente aprova do mesmo jeito’, diz Adail Júnior após vereadores criticarem nova Previdência

“Se depender de mim, os vereadores da oposição votam contra as emendas. A oposição não, perdão, que é gente demais. Quem votou contra o projeto vote contra as emendas que a gente aprova do mesmo jeito”

Vereador da base, Adail Júnior (PDT), após alguns parlamentares da oposição prometerem votar favoráveis às emendas após criticar o texto principal do projeto.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Câmara Municipal de Fortaleza aprova, em 1° turno, projeto com mudanças na Previdência

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, nesta quinta-feira (4), em primeiro turno, o texto principal do projeto de emenda à Lei Orgânica com mudanças na Previdência. A matéria passou com 33 votos favoráveis contra 10. Agora, os parlamentares vão votar as emendas. O tema gerou embates no plenário nas últimas semanas. A prefeitura chegou a recuar.