Cavalcante e Fernandes dizem que permanecem no PSL só por causa de Bolsonaro

Volta e meia surgem especulações de que o presidente Bolsonaro pode deixar o PSL. Rompidos com o comando da legenda no Ceará, os deputados Delegado Cavalcante e André Fernandes se apegam a isso. Eles afirmam nas redes sociais que continuam no PSL por por causa de Bolsonaro. “Se ele sai, eu saio”, diz Fernandes.