-  

Cassação do prefeito de Granjeiro deve ser votada na próxima quarta (20) na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Granjeiro marcou para a próxima quarta (20), às 9h, votação do processo de cassação do prefeito Ticiano Tomé. A comissão processante deu parecer favorável. Ticiano e o pai, Vicente Félix, já foram apontados como suspeitos de envolvimento na morte do ex-prefeito João Gregório. Dos 9 vereadores de Granjeiro, 3 são aliados de Ticiano.

  -  

Heitor Férrer visita Câmara Municipal de Fortaleza e aposta que relação com os vereadores será “saudável”

O candidato Heitor Férrer (SD) e o candidato a vice, Walter Cavalcante (MDB), visitaram, nesta quarta (21), a Câmara Municipal. Questionado sobre a relação com o Legislativo, onde a maioria hoje é aliada da atual gestão, disse que será saudável. “A relação é fácil de ser feita quando você entende que eles são os representantes máximos da sociedade”.

Foto: José Leomar
  -  

Sarto se aproxima de vereadores da base aliada do prefeito Roberto Cláudio de olho na campanha

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, Sarto Nogueira, se reuniu, na noite da última segunda (21), com vereadores da base aliada do prefeito Roberto Cláudio (PDT). O presidente da Câmara Municipal, Antônio Henrique (PDT), participou do encontro que é estratégico. Os vereadores são alguns dos principais cabos eleitorais no pleito municipal.

Foto: Divulgação
  -  

Câmara Municipal de Fortaleza aprova crédito especial de R$ 17 milhões para a educação

Vereadores aprovaram nesta quinta-feira (2) mensagem do prefeito Roberto Cláudio (PDT) que autoriza a abertura de crédito especial no valor de R$ 17 milhões para a educação. O objetivo é manter a distribuição de kits alimentares para os mais de 230 mil estudantes matriculados na rede. O recurso virá da publicidade, locação de veículos e afins.

 

  -  

Justiça Estadual anula decisão da Câmara Municipal de cassar vereador de Camocim

A Justiça do Ceará anulou a decisão da Câmara de Camocim de cassar o vereador de oposição Erasmo Gomes (PSL) e determinou a reintegração imediata do parlamentar. No Legislativo, a cassação havia ocorrido em agosto. É a segunda vez que a Justiça reverte decisão da Câmara contra Erasmo. “Por duas vezes, o juiz anulou a decisão deles e o MP apontou fraudes no processo de cassação”, afirmou.

Foto: Câmara Municipal de Camocim
  -  

Juiz da Comarca de Caririaçu suspende votação de cassação do prefeito de Granjeiro

O juiz Judson Pereira Spindola Júnior deferiu, ontem (19), o mandado de segurança impetrado pelo prefeito de Granjeiro Ticiano Tomé (PRB) e suspendeu a votação do processo de cassação contra o prefeito na Câmara Municipal marcada para hoje (20). Na decisão, o juiz argumenta que parte do rito não foi observado e deu prazo para Câmara se manifestar.

  -  

Câmara Municipal de Pacajus entra com mandado de segurança contra Flanky Chaves

A Câmara Municipal de Pacajus entrou, no sábado (21) com mandado de segurança no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para derrubar a decisão que devolveu o mandato de prefeito a Flanky Chaves (PP). Chaves havia sido cassado pela Câmara Municipal em 2018, após acusações de improbidade administrativa. Com a decisão do STJ, ele tomou posse no último sábado (21).

  -  

Deputados reconhecem calamidade pública em Granjeiro por causa da pandemia

A Assembleia Legislativa reconheceu, nesta quinta-feira (11), em sessão virtual, situação de calamidade pública em Granjeiro, por causa da pandemia da Covid-19. Os deputados também aprovaram em regime de urgência Mensagem do Governo para ceder por dois anos ao município de Alto Santo um imóvel do Estado.

  -  

Prefeito de Granjeiro nega envolvimento na morte do antecessor e diz confiar na Justiça

O prefeito de Granjeiro, Ticiano Tomé, suspeito de envolvimento na morte do antecessor, João Gregório Neto, quebrou o silêncio, nesta tarde de sexta (10), a respeito do crime. Ticiano nega qualquer envolvimento no assassinato e diz que “estão tentando  destruir a mim, minha família e minha administração”. O gestor diz confiar na Polícia e na Justiça.

Foto: Divulgação
  -  

Aprece defende rápida elucidação e punição aos envolvidos na morte do prefeito de Granjeiro

O presidente da Associação dos Prefeitos e Municípios do Ceará (Aprece), Nilson Diniz, cobra uma rápida elucidação do assassinato do prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto. Como é um crime que pode ter características políticas, defende ele, a resolução precisa ser rápida, “para evitar que pessoas queiram fazer justiça com as próprias mãos”, disse.

Foto: Helene Santos
  -  

Um mês após morte de prefeito, secretariado da nova gestão de Granjeiro ainda não está completo

Um mês após o assassinato do então prefeito de Granjeiro, João Gregório Neto, a nova equipe administração municipal, sob o comando de Ticiano Tomé (foto), ainda não está completa. De acordo com o portal da Prefeitura de Granjeiro, das dez secretarias, em apenas seis houve a nomeação dos titulares: Administração, Agricultura, Assistência Social, Desenvolvimento Econômico, Educação e Esporte. Já nas secretarias de Cultura, Obras e Serviços Públicos, Pesca, Planejamento e Finanças, Meio-Ambiente, além da Procuradoria Geral do Município, não há titulares nomeados.

  -  

Empossado, novo prefeito de Granjeiro promete normalizar serviços de saúde após morte de João do Povo

“A população e a cidade não podem parar nem pagar pela vacância de mais de 3 dias. Temos de sentar hoje e dar prioridade à Saúde”

Ticiano Tomé (PSDB), empossado prefeito de Granjeiro, após o assassinato de João do Povo. Ele elencou como prioridade reativar os serviços de saúde, prejudicados por recusa dos fornecedores de combustível às ambulâncias.

Foto: Bruna Vieira
  -  

Mais secretários de Granjeiro devem deixar os cargos até a posse de Ticiano Tomé

Mais secretários da Prefeitura de Granjeiro devem deixar os cargos até a posse do vice-prefeito, Ticiano Tomé (PSDB), no comando do Executivo municipal. O motivo? Divergências políticas. O que circula nos bastidores é que, com a morte do prefeito João Gregório Neto (PL), o João do Povo, aliados dele não são bem vistos pelo grupo comandado por Vicente Tomé, pai de Ticiano.

Foto: Instagram/Prefeitura de Granjeiro
  -  

Nelinho Freitas promete requalificação do Parque das Timbaúbas para 2022

O candidato Nelinho Freitas (PSDB) disse em entrevista ao PontoPoder Eleições, nesta quinta (29), que, se eleito, fará um processo de requalificação do Parque das Timbaúbas, em Juazeiro do Norte. “O nosso projeto é que queremos, dentro do primeiro semestre do segundo ano, concluir essa obra, que vai trazer conforto para nossas famílias”, afirmou.

  -  

Nelinho diz que simboliza a ‘nova política’ por apresentar projetos inovadores

Embora vinculado à política tradicional de Juazeiro do Norte, o entrevistado do PontoPoder Eleições desta quinta (29), Nelinho Freitas (PSDB), que tem como candidato a vice o filho do ex-prefeito Raimundão, Davi de Raimundão (MDB), disse que representa uma renovação na política: “A gente está muito tranquilo fazendo uma política renovada e de propostas”.

  -  

Juazeiro: Nelinho Freitas é o último entrevistado do PontoPoder Eleições nesta quinta (29)

O candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte pelo PSDB, Nelinho Freitas, é o entrevistado desta quinta-feira (29) no programa PontoPoder Eleições, da TV Diário. O postulante ao Paço Municipal da cidade é deputado estadual e participa de uma série de entrevistas a fim de debater as propostas para a próxima gestão municipal, que inicia em 2021.

  -  

Assista em tempo real ao PontoPoder Eleições

O programa PontoPoder Eleições traz nesta quinta-feira (29) reportagem sobre os gastos dos candidatos à Prefeitura de Fortaleza nas campanhas nas redes sociais, e repercussão do encontro entre Lula e Ciro Gomes. A atração, que vai ao ar às 21h55, na TV Diário, também entrevista o candidato à Prefeitura de Juazeiro do Norte, Nelinho Freitas (PSDB).

 

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast analisa repercussões do encontro entre Lula e Ciro em setembro

Está no ar edição extra do podcast PontoPoder Cafezinho. Os jornalistas Inácio Aguiar, Márcio Dornelles e Wagner Mendes discutem as repercussões do encontro entre o ex-presidente Lula e o ex-ministro Ciro Gomes. O que reserva a conversa entre os líderes? Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Deputado Marcos Sobreira desiste de candidatura à Prefeitura de Iguatu

O candidato à Prefeitura de Iguatu, Marcos Sobreira, publicou nota nas redes sociais, nesta quinta-feira (29), afirmando que está saindo da disputa ao Executivo. O agora ex-candidato diz que a desistência é uma decisão do partido, o PDT. “Neste momento, temos que ter serenidade para seguir pelo melhor caminho”, escreveu.

  -  

Ciro Gomes deve fazer rodada de viagens pelo País antes de focar na eleição em Fortaleza

O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) deve fazer nos próximos dias uma rodada de viagens por diferentes cidades do País. A intenção é participar da campanha de candidatos do PDT em municípios como Rio de Janeiro, Recife e Campo Grande. Apenas depois disso, ele deve se concentrar na disputa em Fortaleza. Ciro passou 21 dias em casa após diagnóstico de Covid-19.

  -  

Em primeira aparição pública após Covid, Ciro Gomes não comenta encontro com Lula

Ciro Gomes (PDT) fez primeira aparição após se recuperar da Covid-19. Junto a Roberto Cláudio, ele participou da inauguração do Ginásio Aécio de Borba. Afônico, Ciro não comentou o encontro com o ex-presidente Lula (PT). Segundo a assessoria, a reunião ocorreu no dia 1º de setembro e não tratou da disputa em 2022. O foco foi a oposição a Jair Bolsonaro.

Foto: Kaio Machado
  -  

Polícia Federal investiga suposto crime de compra de votos em Crato e Caririaçu

A Polícia Federal no Ceará cumpriu mandados de busca e apreensão hoje (29) nas cidades de Crato e Caririaçu, em investigação sobre supostos crimes de compra de votos. Em Caririaçu, há indícios de recebimento de benefício, como material de construção, pelo eleitor em troca de voto. No Crato, a investigação busca identificar distribuição de dinheiro.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Justiça manda retirar do ar propaganda de Wagner que liga Sarto à operação Lava Jato

A Justiça Eleitoral concedeu pedido da coligação do candidato Sarto Nogueira (PDT) para que seja retirada do ar uma peça publicitária do candidato Capitão Wagner (Pros), a qual diz que o pedetista teria recebido dinheiro da JBS, empresa investigada na Operação Lava Jato. O juízo considerou que a publicidade não apresenta provas de que Sarto é investigado.

Foto: Natinho Rodrigues