-  

Capitão Wagner é o candidato com maior percentual de verba de campanha oriunda de pessoas físicas

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Capitão Wagner (Pros) tem 47,32% da verba de campanha (R$ 1 milhão) oriunda de doações de pessoas físicas, sendo o postulante com maior arrecadação nesta modalidade. Dentre os doadores está o senador Eduardo Girão, com doação de R$ 750 mil, e o ex-vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, que doou R$ 100 mil.

Foto: José Leomar
  -  

Capitão Wagner anuncia que será o líder do Pros na Câmara dos Deputados

O deputado federal Capitão Wagner (Pros), que retorna nesta quarta-feira (2) à Câmara dos Deputados, anunciou nas redes sociais será o líder do partido na Casa. Derrotado na disputa à Prefeitura de Fortaleza, Wagner disse que, com a liderança terá “mais condição de ajudar nosso Estado, para que a qualidade de vida das pessoas possa mudar”.

Foto: Helene Santos
  -  

Após eleição, Capitão Wagner deve retornar ao mandato na Câmara dos Deputados na quarta (2)

Sem vitória na disputa pela Prefeitura de Fortaleza,  Capitão Wagner (Pros) voltará ao mandato de deputado federal na próxima quarta-feira (2). Ele tirou licença por 120 dias no início de agosto para se dedicar à campanha. Com o prazo da licença chegando ao fim, o parlamentar retorna ao mandato e o médico Agripino Magalhães (Pros) volta à suplência.

Foto: Helene Santos
  -  

Capitão Wagner vence em cinco zonas eleitorais, uma a menos em relação ao 1° turno

Capitão Wagner teve, no 2° turno, um resultado diferente nas zonas eleitorais de Fortaleza em comparação ao dia 15 de novembro. No embate de domingo (29), Capitão Wagner venceu em cinco zonas eleitorais, uma a menos em relação ao 1° turno. A derrota ocorreu na 3° e na 115° zona. O ex-candidato também ganhou a zona 116°, conquistada por Sarto no 1° turno. Veja análise completa.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Sarto, Heitor Freire, Luizianne e Wagner recebem recursos milionários do Fundo Eleitoral

De acordo com a plataforma DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quatro dos 11 candidatos à Prefeitura de Fortaleza têm arrecadação milionária por meio dos fundos eleitoral e partidário. São eles: Sarto Nogueira (PDT), com R$ 4 milhões; Heitor Freire (PSL), com R$ 2,614 milhões; Luizianne Lins, com R$ 1,332 milhão; e Capitão Wagner (Pros), com R$ 1,12 milhão.

Foto: Thiago Gadelha e Kid Júnior
  -  

Heitor Freire tem R$ 1 milhão em despesas a mais do que arrecadou para a campanha eleitoral

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Freire (PSL) já contratou R$ 3.654.209,20 em despesas com a campanha. O valor é R$ 1,030 milhão maior do que o arrecadado, de acordo com a plataforma Divulgacand, do TSE. A maior parte do dinheiro foi empenhada em pagamento de serviços prestados por terceiros. Repasses dos diretórios estadual e nacional do partido são as principais fontes de arrecadação.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Sarto Nogueira é o candidato que mais arrecadou verbas para campanha, com R$ 5 milhões

Sarto Nogueira, candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PDT, foi o postulante que mais arrecadou verbas para a campanha eleitoral. Os R$5.260.800,00 disponíveis são fruto de repasses da diretoria nacional do partido e de doações de empresários. Sarto já usou 51% das verbas (R$2.729.485,15), sendo o maior gasto com produção de programas de rádio e TV.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Campanha de Renato Roseno à Prefeitura de Fortaleza recebe quase R$ 22 mil de financiamento coletivo

Na primeira remessa de recursos para a campanha eleitoral, a candidatura de Renato Roseno (Psol) à Prefeitura de Fortaleza recebeu R$ 21.997,69 de financiamento coletivo. A candidatura recebeu ainda outras quatro doações de pessoas físicas, que variou de R$ 500 a R$ 1.500,00. No total, a campanha soma R$ 28.318,20 em doações para custear a disputa.

Foto: Alessandra Castro
  -  

Campanha de Heitor Freire à Prefeitura de Fortaleza recebe R$ 450 mil de doação do PSL

A candidatura de Heitor Freire recebeu doação de R$ 450 mil do partido para custear as despesas de campanha. O PSL é um dos partidos, ao lado do PT, que mais deve receber verba para a campanha deste ano pela regra da fatia eleitoral. Os dois partidos foram os que mais elegeram deputados federais em 2018. É a primeira disputa de Freire à Prefeitura.

Foto: Alessandra Castro
  -  

Prefeitos eleitos, Sarto e Vitor Valim participam de sessão na Assembleia

Os dois prefeitos cearenses eleitos em segundo turno, Sarto Nogueira (PDT) e Vitor Valim (Pros), participaram da Sessão da Assembleia Legislativa do Ceará. Os dois deputados estaduais deixarão os mandatos no fim do ano para assumir as prefeituras de Fortaleza e Caucaia, respectivamente.

Foto: José Leomar
  -  

Vitor Valim é eleito prefeito de Caucaia com 51,08% dos votos

Com 100% das urnas apuradas, o Superior Tribunal Eleitoral (TSE) declarou Vitor Valim (Pros) eleito para a Prefeitura de Caucaia. A chapa composta pelo então deputado estadual e o vice Deuzinho Filho (Republicanos) recebeu 83.588 votos, relativos a 51,08% do total. O adversário, Naumi Amorim (PSD), atual prefeito, conseguiu 80.045 votos, equivalentes a 48,92%.

Foto: José Leomar
  -  

RESULTADO PARCIAL: Em Caucaia, Vitor Valim permanece à frente com 50,74% dos votos; Naumi Amorim tem 49,26%

Com 96,95% das seções de Caucaia apuradas, o candidato Vitor Valim (Pros) continua à frente com 50,74% dos votos válidos e o candidato Naumi Amorim (PSD) tem 49,26%.

  -  

Opositores pedem exoneração de secretário alvo de operação da Polícia Federal

Os deputados estaduais Heitor Férrer (SD) e André Fernandes (Republicanos) protocolaram, na Assembleia Legislativa, pedidos de envio de ofício ao governador Camilo Santana (PT) pedindo a exoneração do secretário de Turismo, Arialdo Pinho, alvo de uma operação da Polícia Federal sobre suposta lavagem de dinheiro entre 2008 e 2014.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

TRE-CE suspende 382 órgãos partidários por ausência de CNPJ

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) suspendeu 382 órgãos partidários sem CNPJ há mais de 30 dias. A ação, que foi executada logo após o primeiro turno das Eleições 2020, foi aplicada em 315 órgãos partidários não vigentes e 67 vigentes. O TRE-CE também atualizou informações referentes à organização partidária do Ceará.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Eleitor ausente no 1° e 2° turno pode justificar até janeiro de 2021 de forma remota

Os eleitores que ainda não justificaram a ausência no 1° ou 2° turno das eleições 2020 têm até janeiro para concluir o procedimento. Para quem não foi às urnas no dia 15/11, o prazo para justificar é até o dia 14/01, já para os ausentes no 2° turno, a data limite é 28/01. A justificativa pode ser feita por meio do e-Título, Sistema Justifica ou na zona eleitoral.

  -  

TRE-CE defere candidatura de Adriana Gerônimo, vereadora eleita com o coletivo “Nossa Cara”

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará deferiu o registro de candidatura de Adriana Gerônimo, vereadora eleita que representa a candidatura coletiva “Nossa Cara”. A decisão verificou se o nome utilizado na urna, que faz referência ao coletivo, respeitava os requisitos de elegibilidade. É a primeira vez que esse modelo de candidatura é julgado no Estado.

Foto: Theyse Viana
  -  

Análise: Estratégias de olho na Mesa Diretora

A corrida pela Presidência da Assembleia Legislativa está a todo vapor. Deputados estaduais do PDT – partido com a maior bancada da Casa – disputam indicação. O posto é estratégico e dá visibilidade para quem o ocupa. Em Fortaleza, os dois últimos prefeitos eleitos eram presidentes do Legislativo quando foram lançados à eleição pelo Executivo Municipal. Leia análise.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Grupo do PDT quer indicar Evandro Leitão à presidência da AL e incomoda aliados por “quebra” de acordo

A disputa pela indicação do PDT à Presidência da Assembleia Legislativa está acirrada no partido. Uma ala, ligada a Sarto Nogueira, defende Evandro Leitão. Os demais cotados – Sérgio Aguiar, Tin Gomes e Zezinho Albuquerque – estão incomodados porque isso “quebra” acordo de que membros da Mesa Diretora não poderiam disputar esta eleição. Leitão é 1º secretário.

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast detalha as articulações pelas mesas diretoras da Câmara e da Assembleia; ouça

Está no ar a edição de número 36 do PontoPoder Cafezinho, podcast do Sistema Verdes Mares (SVM) sobre os bastidores da política cearense. Desta vez, os jornalistas Alessandra Castro, Letícia Lima e Márcio Dornelles debatem as articulações para a composição das mesas diretoras da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal de Fortaleza. Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Roberto Cláudio e Sarto definem comissão de transição conjunta; trabalhos começam na segunda (7)

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o prefeito eleito Sarto Nogueira (PDT) definiram, nesta quinta-feira (3), a composição da comissão de transição, que será conjunta: Samuel Dias, Marcelo Pinheiro, Elcio Batista e Ferrucio Feitosa, além de Renato Lima. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (7), no Paço Municipal, com apoio técnico de servidores.

  -  

Tasso Jereissati e Eduardo Girão assinam nota em defesa da não reeleição de presidentes da Câmara e do Senado

Dois dos três senadores cearenses – Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) – são signatários de nota de congressistas em reação às movimentações de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) visando reeleição. A nota diz que “a Constituição é clara” e sustenta que “não há espaço para reeleição dos presidentes das casas do Congresso Nacional na mesma legislatura”.

  -  

Jaguaruana: TRE-CE indefere registro de candidatura do prefeito reeleito Roberto da Viúva

O prefeito que foi reeleito no dia 15 de novembro, em Jaguaruana, Roberto da Viúva (PDT), teve o registro de candidatura indeferido nesta quinta-feira (3) pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). O motivo é rejeição de contas públicas. O plenário rejeitou a candidatura por 4 votos a 2. O pedetista pode recorrer ao TSE.