Capital: MDB quer foco na chapa de vereadores, mas não descarta candidatura de Eunício

O MDB busca avançar em Fortaleza, recriando as zonais para ouvir lideranças comunitárias e a população. O partido sonha em fazer três vereadores na Capital. Vereadores de mandato devem chegar ao partido, mas não agora. Para prefeito, o partido não descarta candidatura de Eunício, mas isso não é prioridade, diz o deputado Danniel Oliveira.

Com registro de candidatura do PCO na última hora, Fortaleza tem 11 nomes na disputa pela Prefeitura

O Partido da Causa Operária (PCO) registrou, na Justiça Eleitoral, praticamente na última hora – o prazo termina às 19h deste sábado (26) – a candidatura de José Loureto à Prefeitura de Fortaleza. A candidata a vice da chapa é Thais Helena, também do PCO. Com esse último registro, Fortaleza tem 11 nomes na disputa pelo Paço Municipal.

Foto: Natinho Rodrigues

PDT pede explicações ao PT na Justiça sobre pesquisa eleitoral em Fortaleza

O PDT acionou o PT na Justiça Eleitoral para que explique por que a pesquisa de intenções de voto que pretende publicar nessa sexta (25) não incluiu o prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o ex- ministro Ciro Gomes (PDT) como “influenciadores” de voto. O questionário inclui apenas Jair Bolsonaro (sem partido), Cid Gomes (PDT), Camilo Santana (PT) e Eunício Oliveira (MDB). Isso, segundo o PDT, pode gerar resultados distorcidos.

Foto: Divulgação/TRE-CE

No interior, candidatos firmam acordo para evitar aglomerações durante campanha eleitoral

Em Milagres e Abaiara representantes de partidos acordaram, perante a Justiça Eleitoral, que não realizarão atos com aglomerações na campanha eleitoral. No encontro, os dirigentes decidiram vetar carreatas, caminhadas e comícios. O encontro foi promovido pelo juiz eleitoral da 26ª Zona, Diogo Schenatto, e o promotor  Alcides Luiz de Sena.

MDB vai apoiar Heitor Férrer na eleição em Fortaleza; vice na chapa ainda será definido

O MDB finalmente decidiu que rumo tomar na eleição em Fortaleza: vai apoiar o pré-candidato à Prefeitura, Heitor Férrer (Solidariedade). A cúpula do partido, comandada pelo ex-senador Eunício Oliveira, bateu o martelo em reunião na noite desta segunda-feira (14). A vaga de vice na chapa de Férrer será indicada pelo MDB, mas o nome ainda não foi definido.

Foto: Natinho Rodrigues

“Não subo em chapa com o PDT. Eu não me junto a traidores”, diz Eunício Oliveira

Com possibilidades de apoiar Luizianne Lins (PT) e Heitor Férrer (SD) em Fortaleza, o MDB só tem definido até agora quem não vai receber apoio do partido. “A única decisão que eu tenho é: não subo em chapa com o PDT nessas eleições. Eu não me junto a traidores”, disse. O ex-senador culpa os pedetistas pela derrota dele em 2018.

Cresce articulação entre Luizianne e Eunicio para aliança na eleição em Fortaleza

A deputada Luizianne Lins e o ex-senador Eunício Oliveira estão interessados e trabalham, reservadamente, na aliança de PT e MDB na disputa pela Prefeitura de Fortaleza. Luizianne está fazendo contatos com emedebistas. A aliança pode sinalizar que a vice de Luizianne saíra mesmo do MDB. Eunicio se reúne hoje (10) com o governador. No PT, difícil será convencer a ala “havy metal” a ter o MDB na coligação.

Foto: JL Rosa

Agenda de campanha: Capitão Wagner visitará associação voltada a crianças em situação de vulnerabilidade social

Dia 1. No primeiro ato da campanha, Capitão Wagner (Pros) visitará a Associação Valentes de Davi, no Bairro de Fátima, voltada a crianças em situação de vulnerabilidade social. Acompanhado da candidata a vice, Kamila Cardoso, ele deve chegar ao local às 7 horas. Além disso, ele terá reunião com empresários e depois fará uma live no Facebook, às 16 horas.

Foto: Fabiane de Paula

Agenda de campanha: Heitor Freire se reúne com apoiadores para café da manhã

Dia 1. O primeiro ato do candidato a Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL), será um café da manhã com apoiadores, a partir das 8 horas. O café ocorrerá no Clube Recreativo dos Subtenentes e Sargentos do Exército. Logo depois, ele irá participar de um torneio de futebol também com apoiadores da sua candidatura.

Foto: Miguel Portela/Arquivo

Candidatos a prefeitos de Fortaleza somam R$ 8,4 milhões em bens declarados à Justiça Eleitoral

Somados, os candidatos a prefeito da Capital apresentaram R$ 8.433.593,87 em bens, de acordo com dados fornecidos pelos partidos à Justiça Eleitoral. Heitor Férrer (SD), com R$ 4.194.094,22, representa quase 50% do montante. Paula Colares (UP) e Samuel Braga (Patriota) foram os dois únicos candidatos – dos dez que disputam a Prefeitura – que declararam não ter bens bens.

Foto: Divulgação

Heitor Ferrer e Walter Cavalcante fazem planejamento de campanha na sede do MDB em Fortaleza

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Heitor Férrer (SD) e o candidato a vice Walter Cavalcante (MDB) estão reunidos, nesta segunda (21), na sede do MDB em Fortaleza planejando a campanha que começa no próximo domingo (27). Como os dois são parlamentares há vários mandatos, vão apostar na ideia: “compromisso e experiência fazem a gestão”.

Foto: Natinho Rodrigues

“É meu irmão, mas não vai ter meu voto”, diz Frota Cavalcante sobre aliança de Walter com Heitor Férrer

“É meu irmão, mas não vai ter o meu voto. Se ele fosse o cabeça de chapa eu votava nele”

Vereador Frota Cavalcante (PSD) sobre indicação do nome do irmão pelo MDB, Walter Cavacante, para compor a chapa de Heitor Férrer (SD) na disputa em Fortaleza. Desconforto em família.

Foto: Alex Costa

Alinhado à direita, Gaudêncio Lucena se distanciou do MDB em Fortaleza e não esteve na convenção

O MDB decidiu apoiar Heitor Férrer (SD) na corrida à Prefeitura de Fortaleza, mas saiu dividido após o embate. Uma das ausências na convenção do partido na manhã desta terça-feira (15), foi a do ex-vice-prefeito de Fortaleza, Gaudêncio Lucena, que já havia se distanciado do partido. Ele agora está mais alinhado à direita.

Foto: Rede social

PCdoB retira candidatura em Juazeiro do Norte e apoiará outra chapa progressista

O postulante à Prefeitura de Juazeiro do Norte pelo PCdoB, Professor Aurélio, anunciou que retirará a sua candidatura neste sábado (26). A decisão surpreendeu o presidente municipal do partido, Germano Lima, que decidiu apoiar outra chapa do campo progressista na cidade e não lançar outro nome ao pleito.

Professor Aurélio cita desmobilização progressista como um dos fatores para retirada de candidatura

Falta de aliança no campo progressista causou a saída do Professor Aurélio (PCdoB) da disputa em Juazeiro do Norte, entre outros fatores, inclusive o pessoal. O ex-postulante diz que “houve engano na estratégia eleitoral” da sigla, o que pode ter ajudado a inviabilizar a criação de uma frente ampla progressista no município.

Foto: Lucas Barbosa

Agenda dos candidatos: Heitor Férrer participa de missa no Santuário de Nossa Senhora da Assunção

Dia 1. Como primeiro ato de campanha, Heitor Férrer (SD) irá participar de missa no Santuário Nossa Senhora da Assunção, no bairro Vila Velha, a partir das 9h. O candidato a vice, Walter Cavalcante (MDB), também participa. Depois, Ferrer segue para o Raimundo dos Queijos, no Centro, enquanto Cavalcante participa do Encontro de Casais com Cristo.

Agenda da campanha: Renato Roseno participa de bicicleata em primeiro ato de campanha

Dia 1. O candidato a prefeito de Fortaleza, Renato Roseno (Psol), terá um primeiro dia de campanha cheio. Às 7h, ele recepciona uma bicicletada na Barra do Ceará (a partida, às 5h30, será na Praia de Iracema). Ao longo do dia, participa de bandeiraços e reuniões em bairros da Capital, antes da inauguração do comitê de campanha, às 19h30, na PI.

Agenda de candidatos: Anízio Melo realiza atividade com vereadores no primeiro dia de campanha

Dia 1. No primeiro dia de campanha, Anízio Melo (PCdoB) irá participar de uma atividade com os candidatos a vereador pelo partido no Polo de Lazer Sargento Hermínio, no bairro São Gerardo. O evento ocorre ainda pela manhã, a partir das 10 horas. Antes disso, o candidato tem, na agenda oficial, um café da manhã na casa da mãe.

Foto: Helene Santos

Agenda dos candidatos: Sarto visitará Hospital da Criança em primeiro ato de campanha

Dia 1. O primeiro ato de campanha oficial do candidato a prefeito de Fortaleza Sarto Nogueira (PDT) será uma visita ao Hospital da Criança, no bairro Jóquei Clube. Médico obstetra, ele estará na unidade de saúde a partir de 8h de domingo (27), primeiro dia autorizado para campanha. Às 18 horas, participará da inauguração de comitê de um vereador.

Foto: Divulgação

Agenda de campanha: Samuel Braga dará abraço simbólico nas dunas da Sabiaguaba

Dia 1. Como primeiro ato da campanha que se inicia neste domingo (27), o candidato Samuel Braga (Patriota) planeja dar um abraço simbólico nas dunas de areia da Sabiaguaba. Ele é militante da causa ambiental. Braga, sua vice, Roberlene Rodrigues, e os candidatos a vereador da sigla vão se encontrar às 8h30 no local.

Agenda dos candidatos: Paula Colares fará visita ao bairro Curió

Dia 1. Estreante em eleições, a candidata Paula Colares (UP) fará reunião com apoiadores no Bairro Curió. O encontro está marcado para domingo (27), às 9h, e será o primeiro ato oficial de campanha. No mesmo dia, às 14h30, Paula fará encontro com o diretório municipal do partido, no bairro Benfica. A candidata já divulgou agenda da semana.

Justiça Eleitoral manda Facebook retirar publicação de entrevista de Delegado Cavalcante com acusações a Heitor Freire

A juíza da 118ª zona eleitoral de Fortaleza mandou, nesta quinta, o Facebook remover a publicação de uma entrevista do deputado Delegado Cavalcante (PSL) com acusações ao deputado Heitor Freire (PSL), candidato na disputa em Fortaleza. Para ela, houve ofensa à honra e à dignidade do candidato com “informações inverídicas”. Cavalcante tem dois dias para apresentar defesa.

Foto: Helene Santos

“Emaranhado de falsas denúncias”, diz Heitor Freire sobre acusações de Cavalcante e André Fernandes

O deputado Heitor Freire (PSL) disse que são um “emaranhado de falsas denúncias” as acusações dos deputados Delegado Cavalcante e André Fernandes contra ele. Freire trava uma batalha judicial com os dois. Fernandes se desfiliou, mas o PSL reivindica o mandato. Cavalcante pediu para sair por “justa causa”, alegando “perseguição”, mas não será fácil.