-  

Candidatura de Samuel Braga à Prefeitura de Fortaleza recebe repasse de R$ 350 mil do Patriota

A candidatura de Samuel Braga à Prefeitura de Fortaleza recebeu repasse do Patriota, partido dele, o valor de R$ 350 mil para as despesas da campanha eleitoral. A verba é da direção nacional do partido. Os valores, no entanto, não têm relação ainda com o Fundo Eleitoral. O candidato ainda não declarou despesa.

Foto: Helene Santos
  -  

“Votei nele e tenho orgulho de ter apoiado”, afirma Heitor Freire sobre ruptura com Bolsonaro

“Eu sou um apoiador de Jair Bolsonaro. Votei nele e tenho orgulho de ter apoiado. (…) Ele mesmo disse que não estava apoiando ninguém. E, até mesmo quando ele citou Fortaleza, disse ‘ah, tem um capitão lá’. O Capitão (também) não utiliza o nome dele”.

Heitor Freire (PSL), em entrevista ao PontoPoder Eleições, falou da relação com o presidente Jair Bolsonaro e aproveitou para minimizar o apoio dele a Capitão Wagner.

Foto: Kid Júnior
  -  

Heitor Freire propõe oferecimento de crédito como ajuda financeira para pequenos negócios

Entrevistado pelo PontoPoder Eleições, Heitor Freire (PSL) detalhou o programa “Fortaleza agora vai”, em que pretende fornecer ajuda financeira para pequenos negócios. “Vai ajudar o comerciante a ter dinheiro no bolso”, ressaltou. Ele sustentou que a arrecadação do Município fornece verba suficiente, mas acrescentou que pretende diminuir impostos municipais.

Foto: Kid Júnior
  -  

Entrevistado do PontoPoder Eleições, Heitor Freire associa indecisão à “decepção” do eleitor com a política

Heitor Freire (PSL) associou o alto número de eleitores ainda indecisos quanto ao voto em novembro à decepção com a atual política. “O fortalezense está muito decepcionado”. Freire é o entrevistado desta terça (20) do PontoPoder Eleições, a partir das 21h55. O candidato aproveitou para ressaltar que  “é o único candidato conservador” em Fortaleza.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Direção nacional do PCdoB faz repasse de R$ 50 mil para candidatura de Anízio Melo em Fortaleza

A candidatura a Prefeitura de Fortaleza do PCdoB recebeu repasse de R$ 50 mil do diretório nacional do partido. A quantia representa mais de 86% do total de receita que o candidato Anízio Melo (PCdoB) tem para gastos com a campanha eleitoral. Além desse recurso, ele recebeu doações de pessoas físicas. Os dados estão disponíveis no Divulgacand 2020.

Foto: Letícia Lima
  -  

Diretório nacional da UP doa R$ 3,6 mil para campanha de Paula Colares à Prefeitura de Fortaleza

A candidata a Prefeitura de Fortaleza, Paula Colares (UP), recebeu repasses no valor de R$ 3 mil do diretório nacional da legenda, Unidade Popular. Apesar do valor representar 55% dos recursos totais da campanha de Colares, a candidata foi a que recebeu menos recursos dentre os concorrentes ao Paço Municipal.

Foto: Camila Lima
  -  

Candidatura de Sarto à Prefeitura de Fortaleza recebeu R$ 4 milhões da direção nacional do PDT

O candidato a Prefeitura do PDT, Sarto Nogueira recebeu repasse de R$ 4 milhões da direção nacional do partido. Os dados estão disponíveis no Divulgacand 2020. Os recursos representam 91% da receita para gastos de campanha da candidatura pedetista à Prefeitura de Fortaleza. O pedetista lidera o ranking de receitas em Fortaleza.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Heitor Férrer e Samuel Braga têm pedidos de candidaturas deferidos pela Justiça Eleitoral

Os candidatos à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Férrer (SD) e Samuel Braga (Patriota), tiveram os pedidos de registro de candidatura deferidos, ou seja, autorizados pela Justiça Eleitoral. As sentenças estão disponíveis no sistema Divulgacand, onde os postulantes ainda permanecem em situação “aguardando julgamento”.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Samuel Braga defende requalificação dos mercados públicos com coleta seletiva

Ausência no PontoPoder Eleições na noite de quarta (14) por motivo de saúde, o candidato Samuel Braga (Patri) visitou o mercado do Carlito Pamplona, na manhã desta quinta (15). Ouviu reclamações sobre a estrutura e defendeu a requalificação dos mercados. “Dotá-los de estrutura para melhorar a coleta seletiva. Não encontramos lixeiras nos mercados”.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Samuel Braga aposta em propaganda na TV para melhorar desempenho eleitoral em Fortaleza

“Nós começamos a aparecer na televisão e acredito que na próxima pesquisa com certeza vamos aparecer bem melhor do que estamos aparecendo”

Samuel Braga (Patriota), candidato à Prefeitura de Fortaleza, sobre primeira Pesquisa Ibope, em que ele não pontuou.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

Samuel Braga cancela participação no PontoPoder Eleições e agora programa será às 21h55

O candidato Samuel Braga (Patriota), que seria entrevistado no PontoPoder Eleições desta quarta (14), cancelou a participação devido a problemas de saúde. O programa irá começar no horário normal, às 21h55. No PontoPoder Eleições será discutida a primeira pesquisa Ibope para a Prefeitura de Fortaleza, além da agenda da campanha dos candidatos.

Foto: Helene Santos
  -  

Em visita a feirantes do Barroso, Samuel Braga cita padronização de barracas e banheiros químicos

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Samuel Braga (Patriota), durante visita a uma feira livre do bairro Barroso, ouviu demandas de comerciantes e destacou a importância de uma padronização das barracas e instalação de banheiros químicos e lixeiras. Braga estava acompanhado da vice, Roberlene Rodrigues.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Samuel Braga realiza caminhada com apoiadores no Titanzinho

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Samuel Braga (Patriota) realizou, neste domingo (11), uma caminhada com apoiadores na comunidade do Tintanzinho, no bairro Serviluz, onde apresentou propostas para a Capital. Ainda neste domingo, ele cumpre agenda na feirinha da Beira-Mar.

Foto: Divulgação
  -  

Assista na íntegra ao PontoPoder Eleições desta terça (20)

O programa PontoPoder Eleições desta terça-feira (20) vai levar ao ar o quadro “O eleitor é quem manda”, além do dia de campanha dos candidatos na Capital, destaque dos embates na campanha na plataforma PontoPoder, e a entrevista com o candidato à Prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL).

 

  -  

Em site de campanha lançado nesta terça, Capitão Wagner (Pros) nega liderar motim no Ceará

Em site lançado nesta terça-feira (20), Capitão Wagner (Pros) rebateu posição do governador sobre a participação dele no motim da PM. Na semana passada, o governador afirmou que o ex-capitão liderou a paralisação. “Capitão Wagner não tinha nenhum motivo para desejar uma paralisação de policiais, especialmente em ano eleitoral”, diz a nota do site.

Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
  -  

“Quando os índices de violência caem, mérito dele. Quando sobem, culpa dos outros”, responde Wagner a críticas do governador

“Interessante o governador falar em assumir. Quando os índices de violência caem, mérito dele. Quando sobem, culpa dos outros. E o Ceará segue no topo do ranking da violência. Ele não dialogou. O cacique do seu grupo jogou uma retroescavadeira nas pessoas. No meu mandato, vamos escutar todos”

Capitão Wagner (Pros), comentou no Twitter, crítica do governador Camilo Santana (PT) sobre a participação do candidato no motim da Polícia Militar neste ano.

  -  

Aglomerações de campanha: Justiça Eleitoral multa candidatos em R$ 100 mil em Viçosa do Ceará

Em Viçosa do Ceará, dois candidatos a Prefeitura foram multados em R$ 100 mil por não descumprimento das regras sanitárias. Divaldo Soares (PDT) e Zé Firmino (MDB) foram denunciados pelo Ministério Público Eleitoral após promoverem aglomerações em atos de campanha. Além da multa, a Justiça determinou nova penalidade de R$ 250 mil em caso de reincidência.

  -  

“Assuma seus atos”, diz Camilo a Capitão Wagner sobre motim da PM no Ceará

“Fake News? As imagens de seus discursos inflamados para os grupos de encapuzados e amotinados? Sua luta pública para dar anistia aos envolvidos nos atos criminosos do motim contra a população? Capitão Wagner, se não se arrepende do que fez, pelo menos assuma os seus atos”

Camilo Santana, no Twitter, nesta terça (20), após rebater uma das afirmações do site de Capitão Wagner que considera “fakenews” a fala do governador que aponta o candidato como líder do motim da PM.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Capitão Wagner lança site para desmentir “fake news” contra a campanha dele à Prefeitura

O candidato à Prefeitura de Fortaleza, Capitão Wagner (Pros), lançou, nesta terça-feira (20), um site que promete desmentir informação falsa atrelada à candidatura dele. “Nada melhor que a verdade para combater o ódio e a mentira”, diz nota da assessoria do deputado federal.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Luizianne Lins ganha liminar contra disseminação de fake news no Facebook e Whatsapp

A Justiça Eleitoral concedeu liminar determinando a exclusão de vídeo difamatório contra Luizianne Lins (PT) que circulava em grupos do Facebook e do Whatsapp. O juiz eleitoral André Teixeira também solicitou a identificação do administrador e responsável pela postagem. A candidata também solicitou audiência com a Polícia Federal para investigar o caso.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Em vídeo postado em rede social, candidato Sarto Nogueira (PDT) diz “estar melhorando a cada dia”

Em um vídeo postado em sua rede social, o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PDT, Sarto Nogueira, internado desde o último domingo por causa do tratamento contra a Covid-19, disse estar “bem, melhorando a cada dia” e que está “muito animado para voltar às ruas“. Ele não informou uma previsão de alta médica. “Nos encontramos em breve”, disse.

Foto: Reprodução
  -  

Em campanha sem Sarto, Élcio fala em compromisso com redução de desigualdades em Fortaleza

À frente da campanha da chapa com Sarto (PDT) pela Prefeitura de Fortaleza, o vice Élcio (PSB) falou, nesta terça-feira (20), em compromisso com a promoção da igualdade social na Capital. “É preciso investir muito forte em educação, em saúde, em saneamento básico e em dar condições de acessibilidade para as pessoas, independentemente de que território sejam”, disse, em agenda no bairro Bela Vista.

Foto: José Leomar
  -  

Como são feitas as pesquisas eleitorais?

De dois em dois anos, quando o eleitor vai às urnas escolher os candidatos, há contestações sobre como são feitas as pesquisas eleitorais. O eleitor, em geral, alimenta a desconfiança do método e dos números divulgados. O fato é que o grande público não sabe como são feitos os levantamentos. Leia aqui sobre esse assunto na coluna Wagner Mendes.

Foto: Fabiane de Paula