-  

Candidatos a prefeito e vice em Forquilha são multados em R$ 100 mil por aglomeração em ato de campanha

Por pedido do Ministério Público Eleitoral, a Justiça multou em R$ 100 mil os candidatos a prefeito e vice de Forquilha, Edinardo Rodrigues Filho e Abdias Araújo Costa, por atos que geraram aglomerações no dia 25 de outubro. Na decisão, também foi multada a coligação dos candidatos, “Forquilha para todos”, em R$ 250 mil, por desrespeito às normas.

  -  

Em Caucaia, candidatos promovem caminhadas apesar de impedimento da Justiça Eleitoral

Os candidatos que disputam a Prefeitura de Caucaia, Naumi Amorim (PSD) e Vitor Valim (Pros) promoveram caminhadas pela cidade neste sábado (21). Ontem, Naumi também promoveu carreata no bairro Nova Metrópole. Ambos os tipos de eventos estão listados como causadores de aglomerações na Res. nº 789/2020 do TRE-CE, que proibiu atos presenciais de campanha.

Foto: Reprodução/Instagram
  -  

PontoPoder Análise: Decisão da Justiça Eleitoral reduz aglomerações nas campanhas

A proibição de atos de campanha responsáveis por aglomerações, adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, surtiu efeito e reduziu a incidência de eventos lotados. Com essas atividades proibidas, candidatos de todo o Estado estão reformulando estratégias para chegar ao eleitor na reta final da campanha. Leia a análise completa de Inácio Aguiar.

  -  

Justiça multa em R$ 50 mil candidatos de Ipueiras que realizaram atos com aglomeração

O candidato à Prefeitura de Ipueiras Raimundo Sampaio (Neném do Cazuza), do PDT, e sua vice Renya Martins (PSB), foram multados em R$ 50 mil após descumprir decisão da Justiça Eleitoral e promover ato político com aglomeração. Depois disso, a multa para os candidatos que insistirem na promoção de aglomerações dobrou de valor, sendo cobrado R$ 100 mil.

Foto: Divulgação/Facebook
  -  

Prefeito eleito em Martinópole tem registro indeferido pelo TSE

O prefeito eleito em Martinópole, James Bel (PP), teve o registro de candidatura indeferido pelo TSE. Segundo a decisão do min. Alexandre de Morais, ele se tornou inelegível ao ser demitido do cargo de professor da rede municipal, após processo administrativo por abandono de emprego. O TRE-CE havia deferido o registro, mas o MPE entrou com recurso. James Bel vai recorrer da decisão.

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE
  -  

Promotorias Eleitorais de Fortaleza ajuízam ação por multa de R$ 200 mil para coibir aglomerações

As 6 Promotorias de Fortaleza responsáveis por fiscalizar propagandas eleitorais ajuizaram uma ação conjunta, hoje, para que os 32 partidos e 10 coligações se abstenham de promover evento ou ato público em desacordo às normas sanitárias. O Ministério Público Eleitoral solicita à Justiça multa de R$ 200 mil por cada evento realizado irregularmente.

  -  

Carreata com mulheres seminuas causa polêmica em Sobral

Chamou atenção na carreata do candidato a prefeito de Sobral, Oscar Rodrigues (MDB), na manhã deste domingo (18), a presença de duas mulheres seminuas. Se exibindo janela fora de um carro dirigido por um motorista usando capacete, elas usavam apenas uma pintura corporal. O Ministério Público disse estar “analisando as imagens”.

  -  

Multas para quem não usar máscara no Estado podem variar de R$ 100 a quase R$ 1000; AL discute proposta

Os deputados começaram a discutir hoje (30) na Assembleia Legislativa as multas para quem não usar máscaras no Estado. Os valores variam de R$ 100 (para pessoa física), R$ 179 (para empresas pequenas) e R$ 999 para empresas maiores. A proposta ainda não foi votada, porque o deputado Soldado Noélio (Pros) pediu vista, mais tempo para analisar.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Evandro Leitão tenta pacificar relação com Tin, Sérgio Aguiar e Zezinho para se lançar à presidência da AL

O deputado Evandro Leitão (PDT), um dos favoritos para indicação do partido à Presidência da Assembleia, passou o dia contactando deputados em busca de apoio. O objetivo é que a chapa seja consensual na base aliada, por isso tenta conciliar interesses com Tin Gomes, Sérgio Aguiar e Zezinho Albuquerque, que disputam a vaga no PDT. A definição deve sair até segunda-feira (7).

Foto: José Leomar
  -  

Opositores pedem exoneração de secretário alvo de operação da Polícia Federal

Os deputados estaduais Heitor Férrer (SD) e André Fernandes (Republicanos) protocolaram, na Assembleia Legislativa, pedidos de envio de ofício ao governador Camilo Santana (PT) pedindo a exoneração do secretário de Turismo, Arialdo Pinho, alvo de uma operação da Polícia Federal sobre suposta lavagem de dinheiro entre 2008 e 2014.

Foto: Isanelle Nascimento
  -  

TRE-CE suspende 382 órgãos partidários por ausência de CNPJ

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) suspendeu 382 órgãos partidários sem CNPJ há mais de 30 dias. A ação, que foi executada logo após o primeiro turno das Eleições 2020, foi aplicada em 315 órgãos partidários não vigentes e 67 vigentes. O TRE-CE também atualizou informações referentes à organização partidária do Ceará.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Eleitor ausente no 1° e 2° turno pode justificar até janeiro de 2021 de forma remota

Os eleitores que ainda não justificaram a ausência no 1° ou 2° turno das eleições 2020 têm até janeiro para concluir o procedimento. Para quem não foi às urnas no dia 15/11, o prazo para justificar é até o dia 14/01, já para os ausentes no 2° turno, a data limite é 28/01. A justificativa pode ser feita por meio do e-Título, Sistema Justifica ou na zona eleitoral.

  -  

TRE-CE defere candidatura de Adriana Gerônimo, vereadora eleita com o coletivo “Nossa Cara”

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará deferiu o registro de candidatura de Adriana Gerônimo, vereadora eleita que representa a candidatura coletiva “Nossa Cara”. A decisão verificou se o nome utilizado na urna, que faz referência ao coletivo, respeitava os requisitos de elegibilidade. É a primeira vez que esse modelo de candidatura é julgado no Estado.

Foto: Theyse Viana
  -  

Análise: Estratégias de olho na Mesa Diretora

A corrida pela Presidência da Assembleia Legislativa está a todo vapor. Deputados estaduais do PDT – partido com a maior bancada da Casa – disputam indicação. O posto é estratégico e dá visibilidade para quem o ocupa. Em Fortaleza, os dois últimos prefeitos eleitos eram presidentes do Legislativo quando foram lançados à eleição pelo Executivo Municipal. Leia análise.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Grupo do PDT quer indicar Evandro Leitão à presidência da AL e incomoda aliados por “quebra” de acordo

A disputa pela indicação do PDT à Presidência da Assembleia Legislativa está acirrada no partido. Uma ala, ligada a Sarto Nogueira, defende Evandro Leitão. Os demais cotados – Sérgio Aguiar, Tin Gomes e Zezinho Albuquerque – estão incomodados porque isso “quebra” acordo de que membros da Mesa Diretora não poderiam disputar esta eleição. Leitão é 1º secretário.

  -  

PontoPoder Cafezinho: podcast detalha as articulações pelas mesas diretoras da Câmara e da Assembleia; ouça

Está no ar a edição de número 36 do PontoPoder Cafezinho, podcast do Sistema Verdes Mares (SVM) sobre os bastidores da política cearense. Desta vez, os jornalistas Alessandra Castro, Letícia Lima e Márcio Dornelles debatem as articulações para a composição das mesas diretoras da Assembleia Legislativa e da Câmara Municipal de Fortaleza. Você pode ouvir aqui:

Powered by RedCircle

  -  

Roberto Cláudio e Sarto definem comissão de transição conjunta; trabalhos começam na segunda (7)

O prefeito Roberto Cláudio (PDT) e o prefeito eleito Sarto Nogueira (PDT) definiram, nesta quinta-feira (3), a composição da comissão de transição, que será conjunta: Samuel Dias, Marcelo Pinheiro, Elcio Batista e Ferrucio Feitosa, além de Renato Lima. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (7), no Paço Municipal, com apoio técnico de servidores.

  -  

Tasso Jereissati e Eduardo Girão assinam nota em defesa da não reeleição de presidentes da Câmara e do Senado

Dois dos três senadores cearenses – Tasso Jereissati (PSDB) e Eduardo Girão (Podemos) – são signatários de nota de congressistas em reação às movimentações de Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP) visando reeleição. A nota diz que “a Constituição é clara” e sustenta que “não há espaço para reeleição dos presidentes das casas do Congresso Nacional na mesma legislatura”.