-  

Camilo deve ter voz de comando no PT da Capital para 2020, defende Acrísio Sena

“O governador Camilo Santana é a maior liderança do PT no Ceará e, obviamente, em Fortaleza. O debate eleitoral tem que passar por ele. Qualquer tese que não seja essa é equivocada”.

Deputado Acrísio Sena (PT), elevando a temperatura da eleição para o comando do partido na Capital. A candidata dele é Liliane Araújo. Quarta (28), haverá debate.

Foto: Camila Lima
  -  

Deputado pede tombamento de casarão histórico em Guaiúba

O dep. estadual Acrísio Sena (PT) pediu à Secretaria da Cultura do Estado o tombamento do “Casarão Água Verde“, em Guaiúba. O casarão foi construído no século XIX e chama atenção de quem passa na CE-060. Segundo Acrísio, que é vice-presidente da Comissão de Cultura da AL-CE, o imóvel atende as condições para ser submetido ao processo de tombamento.

Foto: Kid Junior
  -  

Nelson Martins é quem tem mais condição de formar uma “unidade” no PT, defende Acrísio Sena

“Dentre as alternativas postas, Nelson (Martins) é a que melhor reúne condições para cumprir a tarefa de unidade para deter o avanço das forças de direita e conservadoras que se aliam em torno do bolsonarismo na capital”.

O deputado estadual Acrísio Sena (PT), defendendo o nome do correligionário como o mais viável a disputar a Prefeitura de Fortaleza

  -  

Acrísio Sena defende chapa única com partidos de centro-esquerda para disputa em Fortaleza

“No meu entender a Política é feita de gestos. Se há uma articulação de centro-direita em Fortaleza, chegou a hora dos partidos PT, PDT, PCdoB e PSB construírem uma candidatura única. O PT precisa pensar grande nessa hora”

Acrísio Sena (PT), deputado estadual, sobre Eleição 2020 em Fortaleza. No momento, há divergências entre PT e PDT.

  -  

Líder do Governo na Assembleia apresenta moção de apoio e repudia ataque com fake news ao secretário da Saúde

“É inquestionável a competência e a experiência profissional do titular da saúde do nosso estado, sendo uma figura respeitada e reconhecida pela classe médica”

O líder do Governo Estadual na Assembleia, deputado Júlio César Filho (Cidadania), apresentou moção de apoio ao secretário da Saúde, Dr. Cabeto, na qual repudia ataques com fake news contra o titular da Sesa.

Foto: José Leomar
  -  

Coronavírus: deputado quer metade das vagas de UTI privada para o SUS no Ceará

Com o crescimento do número de casos de coronavírus no Ceará, o deputado Renato Roseno (Psol) apresentou projeto de lei que reserva metade das vagas de UTI nos hospitais privados para o SUS. Uma fila única, entre pacientes da rede pública e privada, seria formada para a ocupação das vagas. A matéria ainda iniciará a tramitação na Assembleia.

Foto: José Leomar
  -  

Bolsonaro se aproxima do autoritarismo, mas governo está submetido às leis, concordam Tasso e Ciro

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e o ex-ministro Ciro Gomes (PDT) concordam que o presidente Bolsonaro tem atitudes que chegam a flertar com o “autoritarismo“, mas que encontra-se submetido ao regime legal, até o momento. Eles fazem críticas ao governo.

  -  

“Há uma partidarização muito forte das polícias desse País”, critica Camilo Santana

O governador Camilo Santana (PT) criticou, nesta quarta-feira (8), a “partidarização” da Polícia. Em entrevista ao ex-ministro Fernando Haddad, disse que as entidades recreativas da corporação agiram como “sindicatos” no motim da PM do Ceará em 2020. “Não pode partidarizar uma área que a Constituição dá o poder de dar uma arma para defender a população”.

  -  

Conexão SVM em Casa: “Vai ter que usar da criatividade”, diz André Costa sobre a campanha virtual dos partidos

A autorização da Justiça Eleitoral para as convenções partidárias de forma virtual abriu o calendário eleitoral nas redes. “Qualquer mudança em pouco tempo causa prejuízo para quem tem menos estrutura. Imagino que os partidos estejam se preparando para isso”, disse o advogado André Costa que é presidente do Instituto Cearense de Direito Eleitoral.

  -  

Partidos terão que devolver mais de R$ 27 milhões do Fundo Partidário aos cofres públicos

Trinta e um partidos brasileiros terão que devolver aos cofres públicos o valor de R$ 27 milhões. A cifra é referente ao fundo partidário do ano de 2014. O mau uso do recurso rendeu punições por parte da Justiça Eleitoral. Apenas uma legenda teve as contas aprovadas. Outras 11 foram aprovadas com ressalvas e 20 foram desaprovadas, segundo o TSE.

  -  

Candidata do PT, Luizianne Lins vai a São Paulo gravar programa eleitoral com o ex-presidente Lula

A candidata à Prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins (PT), vai viajar neste domingo (25) a São Paulo para gravar vídeo com o ex-presidente Lula. A candidata vai ter uma reunião com a direção nacional do PT para agendar a gravação. Havia a expectativa da vinda do ex-presidente ao Ceará, mas não há confirmação oficial nem previsão disso ocorrer.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Luizianne conversa com jovens do bairro Ancuri e da comunidade do Banco Palmas

A candidata do PT à Prefeitura de Fortaleza, Luizianne Lins, cumpriu agenda com o Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Qualificação Profissional (IDESQ), no Ancuri, e no Banco Palmas, no conjunto Palmeiras, nesta sexta-feira (23). Luizianne assumiu compromisso de capacitar 4 mil jovens de comunidades se for eleita novamente.

Foto: Tarcísio Aquino
  -  

“Lula é o meu apoio nacional que os outros até agora não tiveram coragem de mostrar o seu”, diz Luizianne

“Levando em conta que o candidato dos Ferreira Gomes ainda não mostrou o apoio do Gomes e nem o do Bolsonaro mostrou o do próprio Bolsonaro, acho que o do Lula tá de bom tamanho. É o meu apoio nacional que os outros até agora não tiveram coragem de mostrar o seu”

Luizianne Lins (PT), sobre a participação de Lula na campanha em Fortaleza

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Em agenda no Barroso, Heitor Freire quer ampliar parcerias com ONGs e projetos sociais

Em visita à ONG Sementes para o Futuro, no Barroso, o candidato à prefeitura de Fortaleza, Heitor Freire (PSL), debateu a importância das instituições para a população. O candidato prometeu ampliar a participação do poder público no atendimento a essas pessoas. “Hoje as ONGs e igrejas, muitas vezes, chegam onde o Estado não alcança”, disse.

  -  

Samuel Braga propõe criação de novas linhas no transporte coletivo

Samuel Braga (Patri) esteve panfletando no Terminal da Parangaba, na tarde desta sexta-feira (23). Ele afirmou que, se eleito, pretende criar novas linhas de transporte coletivo. “Para que haja uma maior integração com os bairros periféricos”, destacou. Ele também pretende reforçar a presença da Guarda Municipal e melhorar a acessibilidade nesses espaços.

Foto: Kid Júnior
  -  

Heitor Freire defende isenção de impostos e crédito para igrejas e ONGs

Heitor Freire (PSL) visitou a ONG Semente para o Futuro, no bairro Barroso, nesta sexta-feira (23). Ressaltou a importância dessas instituições no atendimento à população vulnerável na Capital. Freire defendeu a isenção de impostos para projetos sociais realizados por igrejas e ONGs, além da facilitação de crédito e do incentivo a instituições privadas.

Foto: Kid Júnior
  -  

Após aglomerações, Ministério Público pede condenação de prefeito, vice e presidente da Câmara de Groaíras

O atual prefeito de Groaíras, Ueliton Vasconcelos, a vice, Angélica Matos, e o presidente da Câmara do Município, Clerton Paiva, são alvos de ação do Ministério Público. Eles são acusados de promover aglomeração durante dois eventos políticos. Na quinta (22), o MP pediu que os políticos sejam multados em R$ 250 mil e proibidos de promoverem eventos semelhantes.

Foto: Thiago Gadelha
  -  

Renato Roseno defende programa de prevenção aos homicídios em Fortaleza

O candidato à Prefeitura de Fortaleza Renato Roseno (Psol) panfletou, nesta sexta (23), em frente a um shopping. Ele falou sobre Segurança e defendeu um programa de prevenção aos homicídios nos bairros mais violentos da cidade. “Com reinserção escolar, cultura, lazer, medição de conflito. Vai ser um programa dentro do gabinete em contato com várias pastas”.

  -  

Capitão Wagner apresenta plano de governo atualizado à Justiça Eleitoral

Capitão Wagner (Pros) apresentou novo plano de governo nessa quinta-feira (22) à Justiça Eleitoral. O texto tem 29 páginas e é dividido em “pactos“. O primeiro inclui saúde, educação e desenvolvimento; o segundo tem economia, inovação e emprego; o terceiro, meio ambiente, mobilidade e infraestrutura; e o quarto tem governança, transparência e participação.

Foto: José Leomar
  -  

PontoPoder Análise: Ministério Público estuda novas ações para coibir aglomerações em atos de campanha

O desrespeito às normas sanitárias em campanhas eleitorais de diversos municípios chega a um nível preocupante. Neste momento, membros do Ministério Público estudam novas ações para coibir excessos. Com três semanas restantes de campanha, os atos se repetem, mesmo com a atuação da Justiça Eleitoral. Confira a Coluna PontoPoder Análise. Leia aqui.

  -  

Justiça determina exclusão de PDT e PL da coligação de Arnon Bezerra em Juazeiro do Norte

A Justiça Eleitoral determinou a retirada do PDT e do PL da coligação que dá sustentação à candidatura de reeleição do prefeito Arnon Bezerra, em Juazeiro do Norte. A decisão foi na análise do registro de candidatura da chapa. Na decisão, o juiz Francisco José Mazza Siqueira atesta que houve problema na ata em relação ao representante da coligação. Ainda cabe recurso.

  -  

PontoPoder Cafezinho: candidatos a vereador enfrentam dificuldade nas ruas em campanha atípica

Em momento eleitoral diferente, candidatos a vereador, principalmente aqueles que já têm mandatos, reclamam da dificuldade da campanha de rua neste momento da disputa. Veja os assuntos que correm nos bastidores com o time de política do Sistema Verdes Mares.

Powered by RedCircle

  -  

Justiça determina retirada de propaganda de Sarto que indica destinação de R$ 46 mi para combate à Covid-19

A Justiça Eleitoral determinou, nesta quinta (22), a retirada do ar de propaganda eleitoral de Sarto Nogueira (PDT) que indica o envio de R$ 46 milhões para o combate à Covid-19 no Ceará. Segundo decisão, a propaganda dá a entender que ele é o único responsável pelo recurso, quando o valor corresponde a R$ 1 milhão em emenda a que cada deputado estadual tem direito.

Foto: Helene Santos