Foto: Thiago Gadelha

Camilo chama de “irresponsável e inconsequente” sugestão de recontagem de mortos por Covid-19 no Ministério da Saúde

O governador Camilo Santana (PT) chamou de “irresponsável e inconsequente” fala de cotado para o Ministério da Saúde, Carlos Wizard, ao sugerir recontagem dos mortos por Covid-19. “Essas vidas têm rosto, têm história e famílias que hoje choram as perdas. Negar essa realidade é, além de desumano, criminoso“, escreveu o governador nas redes sociais.

‘O Brasil chora diante de um dos momentos mais tristes de sua história’, diz Camilo sobre 100 mil mortes por Covid-19

“Que a incalculável perda dessas mais de 100 mil vidas e a imensurável dor de suas famílias jamais sejam esquecidas. O Brasil chora diante de um dos momentos mais tristes de sua história. Mas precisa ser forte para continuar lutando”.

Governador Camilo Santana, no Twitter, sobre as mais de 100 mil mortes causadas pela Covid-19 no País.

Covid-19: “Foi um susto”, diz deputado cearense que esteve com o presidente Jair Bolsonaro

O deputado federal Danilo Forte (PSDB) disse que testou negativo para a Covid-19 mesmo após estar com o presidente Jair Bolsonaro em duas ocasiões recentes: na inauguração da chegada das águas do São Francisco ao Ceará e em almoço na última quinta-feira (2) no Palácio, em Brasília. “O importante é que o resultado do exame que fiz deu negativo”, disse.

Assembleia finaliza plano de retorno gradual de atividades presidenciais até a próxima segunda (6)

O presidente da Assembleia Legislativa, José Sarto (PDT), afirmou, em sessão nesta quinta-feira (2), que foram iniciados os testes de servidores e também houve reunião com o setor de epidemiologia da prefeitura e do governo estadual para preparar um calendário de retorno das atividades presenciais. O plano de retorno deve ser finalizado até a próxima segunda-feira (6).

Foto: PR

“Oremos”, comenta Mandetta sobre a saída de Teich do Ministério da Saúde

“Oremos. Força SUS. Ciência. Paciência, Fé!”

Escreveu hoje no Twitter o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta após o pedido de demissão do seu sucessor na pasta, Nelson Teich. A troca entre eles no Governo Bolsonaro aconteceu há menos de um mês. O secretário executivo, general Eduardo Pazuello, assume interinamente.

‘Ministro, seja firme e claro sobre manter isolamento social’, cobra Tasso do Nelson Teich

“Aqui no Ceará, de ontem para hoje, foram 50 mortos. No Brasil, 449. E vossa excelência disse: a única maneira que nós temos (para combater a Covid-19) é o distanciamento social. Ministro, seja firme e claro nessa posição. Não pode haver dubiedade, principalmente quando o presidente dá sinais contrários”.

Senador Tasso Jereissati (PSDB), sobre posicionamento do ministro Nelson Teich (Saúde) diante do avanço da pandemia no País.

Foto: Agência Brasil

Ainda sem habilitar UTIs, Nelson Teich deve ser cobrado em reunião com governadores

A habilitação de UTIs para pacientes de Covid-19 deve ser a principal cobrança dos governadores do Nordeste em reunião com o ministro da Saúde, Nelson Teich, que acontece na tarde desta quarta-feira (29). No Ceará, Estado e prefeituras têm arcado com os valores, que giram em torno de R$ 2.500/dia por paciente, custos que incluem equipamento e pessoal.

Foto: José Leomar

Assembleia Legislativa prorroga ponto facultativo até 16 de agosto

A Assembleia Legislativa prorrogou o ponto facultativo para os servidores até o dia 16 de agosto, por causa da pandemia de Covid-19. A Casa retomou parte das atividades presenciais no fim do mês passado. Por enquanto, as sessões plenárias, em formato híbrido, ocorrem somente às quintas-feiras.

Temer minimiza polêmica recente entre Gilmar Mendes e militares

Michel Temer minimizou a recente polêmica entre Gilmar Mendes e os militares do Governo, iniciada após o ministro do Supremo afirmar que o Exército estaria se associando a um “genocídio”, referindo-se às mortes da pandemia. “Ele usou uma palavra forte, foi enfático, mas não usou a palavra genocídio no seu significado original”, disse o ex-presidente.

Vice-governadora do Ceará discute os desafios da área educacional na pandemia com ex-ministros da Educação

A vice-governadora do Ceará, Izolda Cela, participa nesta quinta-feira (25) de debate para discutir os impactos causados pela pandemia da Covid-19 na educação no País. Promovido pelo Observatório da Democracia, o encontro virtual também irá contar com a participação de quatro ex-ministros da Educação, como Cristovam Buarque e Aloizio Mercadante.

Maria Nailde Pinheiro é eleita presidente do TJCE para o biênio 2021-2023

Foram eleitos no início da tarde desta quinta-feira (24) os dirigentes do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) para o biênio 2021-2023. A desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira foi eleita a próxima presidente do Tribunal, enquanto Antônio Abelardo Benevides Moraes foi confirmado como vice. O corregedor será Paulo Airton Albuquerque.

Em 1ª sessão após suspensão do mandato, André Fernandes fala em “gabinete do ódio” contra ele

O deputado André Fernandes (Republicanos) voltou às sessões na Assembleia, após ser suspenso do mandato. Ele se uniu ao discurso de Cavalcante contra o deputado Heitor Freire, do PSL, partido ao qual estava filiado. Fernandes, que foi apontado por ter ligações com grupos de notícias produzidos contra adversários políticos, também acusou ter um “gabinete do ódio” contra ele.

A dois dias do início da campanha eleitoral, poucos deputados são vistos em sessão da Assembleia

A dois dias de começar a campanha eleitoral, o plenário da Assembleia teve pouco mais de 10 deputados, apesar do painel ter marcado 26 parlamentares presentes na manhã de hoje (24). No período de eleições é comum os deputados focarem as atenções nas suas bases eleitorais para eleger os aliados, de olho na reeleição deles em 2022. A tendência, pelo visto, é o trabalho no Legislativo ficar em segundo plano.

Cavalcante acusa presidente estadual do PSL de “perseguição” e tenta se desfiliar do partido

O deputado Delegado Cavalcante (PSL) escancarou os conflitos com o deputado federal Heitor Freire, inimigo dele e presidente do partido no Ceará. Na Assembleia, hoje (24), Cavalcante levou um camalhaço de processos e acusou Freire de perseguição. O parlamentar está tentando se desfiliar do PSL  e abriu um processo na Justiça. Heitor é candidato à Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Miguel Portela/Arquivo

Candidatos a prefeitos de Fortaleza somam R$ 8,4 milhões em bens declarados à Justiça Eleitoral

Somados, os candidatos a prefeito da Capital apresentaram R$ 8.433.593,87 em bens, de acordo com dados fornecidos pelos partidos à Justiça Eleitoral. Heitor Férrer (SD), com R$ 4.194.094,22, representa quase 50% do montante. Paula Colares (UP) e Samuel Braga (Patriota) foram os dois únicos candidatos – dos dez que disputam a Prefeitura – que declararam não ter bens bens.

Foto: Divulgação

Candidata do PT, Luizianne Lins apresenta patrimônio de R$259,6 mil à Justiça Eleitoral

Em busca de voltar à Prefeitura de Fortaleza, a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) apresentou a lista de bens à Justiça Eleitoral. Ela foi a última dos dez candidatos a declarar o patrimônio. Ao todo, ela disse ter R$259.654,01. A lista inclui o Fusca vermelho, ano 1969, que ela costuma usar nas campanhas eleitorais. O valor do veículo: R$ 10 mil.

Foto: José Leomar

Para disputa em Maracanaú, Júlio César Filho adota nome na urna como “Julinho Líder do Camilo”

Líder do governo na Assembleia Legislativa do Ceará antes de se licenciar do mandato para concorrer à Prefeitura de Maracanaú, Júlio César Filho (Cidadania) irá adotar o nome “Julinho Líder do Camilo” na urna. A intenção é colar a imagem ao governador Camilo Santana na disputa com o grupo político de Roberto Pessoa (PSDB), que comanda a cidade há 16 anos.

Foto: José Leomar

Com R$ 4,2 milhões, Heitor Férrer é o candidato a prefeito da Capital com maior patrimônio declarado até agora

Candidato a Prefeitura de Fortaleza, Heitor Ferrer (SD) declarou patrimônio de R$ 4,2 milhões à Justiça Eleitoral. Na lista de bens estão cinco apartamentos, seis terrenos, além de outros investimentos. É o dobro do valor declarado em 2018. Quando foi eleito deputado estadual, há dois anos, Férrer declarou R$ 2,06 milhões.

Foto: José Leomar

Na véspera da eleição, vereador Marcelo Lemos é o novo presidente municipal do PSL

Com a eleição deste ano, o PSL resolveu fazer mudanças internas. Agora, o novo presidente municipal do partido é o vereador Marcelo Lemos, que é candidato para a reeleição. Com a decisão, Marcelo vai ter participação na destinação de recursos do fundo eleitoral às candidaturas do partido na Capital.

Foto: Fabiane de Paula

‘Meu partido apoia, mas eu ainda estou decidindo’, diz Jorge Pinheiro sobre candidatura de Sarto

Candidato do PDT em Fortaleza, Sarto sinaliza uma busca por aproximação com os vereadores, em uma campanha que promete ser atípica. Alguns parlamentares cujos partidos integram a coligação do PDT, no entanto, ainda estão em dúvida. É o caso de Jorge Pinheiro (PSDB). ‘Meu partido apoia, mas eu ainda estou decidindo‘, disse, após visita de Sarto à Câmara.