-  

Câmara valida pedido de CPI da Lava Jato; 13 cearenses assinam o documento

Na sexta (13), a Mesa Diretora da Câmara, validou um pedido de CPI da Lava Jato, que teve 175 assinaturas. Veja os 13 cearenses que assinaram: André Figueiredo, Anibal Gomes, Denis Bezerra, Domingos Neto, Eduardo Bismarck, Idilvan Alencar, José Airton, José Guimarães, Júnior Mano, Leônidas Cristino, Luizianne Lins, Moses Rodrigues, Robério Monteiro.

Abuso de autoridade
  -  

Maioria dos parlamentares cearenses a favor do aumento do Fundo Eleitoral

Os congressistas derrubaram o veto do presidente Jair Bolsonaro que permitia aumentar o fundo eleitoral. O valor será estipulado na Lei Orçamentária Anual 2020 e pode chegar a R$ 4 bilhões. Cid Gomes (PDT) e Tasso Jereissati (PSDB) votaram pela derrubada, enquanto Eduardo Girão (Pode) se posicionou a favor do veto. Entre os deputados federais, apenas Capitão Wagner (PROS), Roberto Pessoa (PSDB) e Célio Studart (PV) mantiveram o veto.

 

Foto: Agência Senado
  -  

Após desabamento, vereadores devem buscar apoio de parlamentares federais para ações de prevenção

Vereadores de Fortaleza decidiram em reunião de comissão especial da Câmara Municipal buscar apoio de deputados federais e senadores cearenses para ações de prevenção, após o desabamento do Edifício Andrea. Alguns parlamentares querem ir a Brasília articular, inclusive, a destinação de verbas para contribuir com a efetivação da Lei de Inspeção Predial.

  -  

Proposta de extinção de municípios divide opinião dos cearenses

A proposta do governo de extinguir municípios sem capacidade financeira mal chegou ao Congresso e já tem dividido a opinião da bancada cearense. O deputado Roberto Pessoa (PSDB) criticou a medida e saiu em defesa dos municípios, enquanto que Dr. Jaziel (PL) alegou que alguns municípios pequenos “criam um peso para o país”.

  -  

Suplente na Câmara dos Deputados, Gorete Pereira pode ter expectativas frustradas mais uma vez

Na expectativa para assumir o mandato de deputada federal desde o início de 2019, Gorete Pereira (PL) renovou as esperanças com o anúncio de licença de Luizianne Lins. Entretanto, para que Gorete assuma, a ausência da petista tem que ser de, pelo menos, 120 dias. Por ora, entretanto, a licença será de 60 dias. A confirmação será próxima semana.

Foto: José Maria Melo
  -  

Com licença de Capitão Wagner, médico Agripino Magalhães assume vaga na Câmara dos Deputados

O médico Agripino Magalhães (Pros), que ficou na suplência de deputado federal em 2018, assumiu nesta quarta-feira (4) mandato na Câmara dos Deputados. Ele ocupa vaga na Casa durante licença do deputado federal Capitão Wagner (Pros), que se afasta temporariamente dos trabalhos no Legislativo para se dedicar à pré-campanha pela Prefeitura de Fortaleza.

Foto: Agência Câmara
  -  

‘Vai beneficiar mais de 10 mi de pessoas’, diz Girão sobre aprovação de linha de crédito para profissionais liberais

Projeto de lei de autoria do senador Eduardo Girão (Podemos) que cria uma linha de crédito de até R$ 100 mil para profissionais liberais foi aprovado na madrugada desta quinta-feira (30) na Câmara dos Deputados. A medida, que já havia sido aprovada no Senado, segue para sanção. “Foi uma vitória do bom senso. Vai beneficiar mais de 10 milhões de pessoas das mais diversas categorias”, destacou.

  -  

Oposição valida CPI da Lava Jato; instalação depende de Rodrigo Maia

Deputados de oposição na Câmara, entre eles o cearense André Figueiredo (PDT), conseguiram validar, com 175 assinaturas, um pedido de CPI da Lava Jato para analisar supostas irregularidades na conduta de procuradores e do juiz Sérgio Moro na operação. A CPI, entretanto, depende da assinatura do presidente da Casa, Rodrigo Maia, para ser instalada.

  -  

Candidato a vereador é encontrado morto a golpes de faca em Caucaia

A Polícia investiga a morte do candidato a vereador de Caucaia, Evangelista de Sousa Gerônimo, o “Batista da Banca” (PSB). Ele foi encontrado morto a golpes de faca dentro de casa no bairro Nova Metrópole. Até o momento, não há informações sobre as motivações do crime.

Foto: Leabem Monteiro
  -  

Sarto (PDT) defende parceria entre Prefeitura e Governo do Estado para áreas de saneamento e meio ambiente

Em reunião sobre plano de governo, o candidato à Prefeitura de Fortaleza Sarto (PDT) focou nas questões ambientais e de saneamento básico. O pedetista quer plantar 100 mil árvores, se eleito, além de prometer distribuir rede de esgoto para 90% da Capital até 2023. Para isso, analisa ser necessária parceria entre Executivo estadual e municipal.

Foto: Kid Júnior
  -  

Para Samuel Braga (Patriota), retomada das atividades econômicas no pós-pandemia é prioridade

Em entrevista à rádio Verdinha AM 810, nesta segunda-feira (26), o prefeiturável em Fortaleza Samuel Braga (Patriota) classificou a retomada da economia como prioridade numa possível gestão. “Em um dos primeiros atos de governo, nós iremos oferecer incentivos fiscais aos pequenos ou médios empresários que possam criar vagas de emprego”.

Foto: Helene Santos
  -  

Heitor Férrer propõe diálogo para resolver disputa entre comércios e vendedores informais no Centro

Heitor Férrer (SD) participou de caminhada pelas ruas do Centro na tarde de hoje e abordou o impasse entre os comércios formais e os ambulantes. Ele disse que apesar de uma “concorrência desleal”, é necessário um olhar sensível do gestor e o diálogo com as instâncias envolvidas. “Desempregar quem ganha o pão com essa atividade, é levá-los à marginalidade“.

Foto: Kid Júnior
  -  

Samuel Braga (Patriota) promete a criação do “BolsaPet” para apoiar adoção de animais domésticos

O candidato Samuel Braga (Patriota), em Fortaleza, prometeu a criação do programa “BolsaPet”, hoje, se eleito. O benefício seria dado em ração a quem adotasse um animal de entidades como o Abrigo São Lázaro. Esta é a primeira de uma série de entrevistas na rádio Verdinha AM 810 com postulantes da Capital. O programa vai ao ar às 7h30 e recebe, na amanhã (27), Anízio (PCdoB).

Foto: Divulgação
  -  

Agricultor e comerciante estão entre as ocupações mais declaradas pelos candidatos do Ceará

Dentre as ocupações declaradas pelos candidatos nas eleições municipais do Ceará, agricultor e comerciante são as mais populares. As profissões reúnem 11,08% e 7,21% dos candidatos, respectivamente, sendo a maioria deles concorrentes ao cargo de vereador e do sexo masculino. A categoria “Outros”, no entanto, é a que concentra maior número de postulantes.

  -  

Capitão Wagner promete legalizar a situação dos comerciantes da Granja Portugal

Em caminhada pelo bairro Granja Portugal, nesta segunda-feira (26), Capitão Wagner (Pros) conversou com a população e prometeu regularizar a situação dos comerciantes locais. “Muitos negócios não têm alvarás e têm dificuldade de acessar as linhas de crédito e participarem de licitações por conta dessa falta de documentação e adequação”.

Foto: Divulgação
  -  

Justiça proíbe que coligações de Caririaçu realizem atos que gerem aglomerações

A Justiça Eleitoral determinou, na sexta-feira (23), que as coligações do município de Caririaçu abstenham-se de promover aglomerações em atos eleitoral. Caso descumpram a decisão, as coligações serão multadas em R$ 50 mil. Os partidos também devem, em até 24 horas, fazer a publicidade das medidas prevenção à Covid-19 a todos os seus militantes.

  -  

Polícia Federal simula fiscalização de ilegalidades nas eleições com uso de drones

A Polícia Federal vai testar na manhã de terça-feira (27) drones que serão utilizados na fiscalização das eleições municipais do Ceará. Os equipamentos devem servir para impedir práticas ilegais e registrar irregularidades no dia da votação. De acordo com a PF, os equipamentos têm zoom capaz de identificar atividades suspeitas e placas de carro com nitidez.

Foto: Divulgação/PF
  -  

Em primeiro ato público após se recuperar da Covid-19, Camilo volta a criticar Capitão Wagner

Em sua primeira aparição pública após se recuperar da Covid-19, o governador Camilo Santana (PT) reforçou críticas ao candidato do Pros, Capitão Wagner. “Ele andou dizendo que eu só estava falando nas redes, mas quero dizer em bom tom: que ele assuma a responsabilidade enquanto um dos líderes dos motins que desestabilizaram a segurança e geraram pânico à população”.

Foto: José Leomar