Aprovação da reforma da Previdência é emergencial diante de ‘doença fiscal’, diz Tasso na CAE

Na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, o cearense Tasso Jeireissati (PSDB) defendeu, nesta terça (13), a aprovação rápida da reforma da Previdência na Casa, mas admitiu que a proposta não é o único remédio capaz de curar o que chamou de “doença fiscal”. “Quanto mais demora esta reforma, mais amargos (são) os remédios que nós vamos ter que tomar”.