-  

Após questionamento do MPE, Justiça Eleitoral permite o uso do nome “Julinho Líder do Camilo” na urna

A Justiça Eleitoral permitiu que o candidato a Prefeitura de Maracanaú, Júlio César Filho (Cidadania), use o nome “Julinho Líder do Camilo” nas urnas. O Ministério Público Eleitoral havia questionado o uso por remeter a cargo público e por colar a imagem do governador Camilo Santana (PT), que tem correligionário concorrendo à Prefeitura da cidade.

Foto: Helene Santos
  -  

Camilo vai a Brasília para tratar de possível compra direta da vacina russa Sputnik V para o Ceará

O governador Camilo Santana (PT) informou, neste sábado (27), que visitará na próxima terça-feira (2) o laboratório que representa a vacina russa Sputnik V, em Brasília, para tratar de possível aquisição direta do imunizante, em complemento ao Plano Nacional de Imunização. A possibilidade de compra de vacinas por estados e municípios tem o aval do STF.

  -  

Opositor, Vitor Valim agradece ao governador pelo aumento da frota intermunicipal de ônibus em Caucaia

Opositor ao Governo do Estado, o prefeito de Caucaia, Vitor Valim (Pros), foi às redes sociais neste sábado (27) para agradecer ao governador Camilo Santana (PT) pelo aumento em 10% da frota intermunicipal de ônibus. Ele já havia anunciado aumento da frota de ônibus municipal em 25%. “Nosso apelo foi atendido e os esforços para reduzir aglomerações (…) não param”, escreveu.

Foto: José Leomar
  -  

“Continuaremos firmes, combatendo o negacionismo”, diz Camilo ao rebater fala de Bolsonaro

Após Jair Bolsonaro criticar medidas de isolamento em passagem no Ceará, o governador Camilo Santana declarou que “aqueles que debocham da ciência e principalmente desrespeitam a dor das milhares de famílias vítimas da Covid, receberão o justo julgamento. Continuaremos firmes, combatendo o negacionismo“, disse o petista nas redes sociais.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Prefeito e vice de Viçosa são condenados por aglomeração na campanha; pena também vale para opositores

O prefeito eleito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e seu vice, Dr. Marcelo (MDB), foram condenados na Justiça por provocar aglomerações durante a campanha. A decisão recai também sobre a chapa adversária, encabeçada por Divaldo Soares (PDT). Os dois grupos políticos terão de pagar multa de R$ 250 mil.

  -  

Prefeito e vice do Cedro têm diploma cassado por abuso de poder; ex-prefeito também é condenado

O atual prefeito do Cedro, João Diniz (PDT); a vice, Ana Nilma (PDT); e o ex-prefeito Nilson Diniz (PDT) foram condenados por abuso de poder por terem firmado contratos temporários com servidores durante o período eleitoral. Com a pena, o juiz anulou o último pleito, convocou nova eleição e tornou os três gestores inelegíveis por 8 anos. Cabe recurso.

  -  

TRE-CE mantém cassação de prefeito e vice de Viçosa do Ceará; gestores continuam no cargo

O TRE-CE manteve a cassação do prefeito eleito de Viçosa do Ceará, José Firmino (MDB), e de seu vice, Dr. Marcelo (MDB), por abuso de poder político e conduta vedada, rejeitando o pedido da defesa para anular a decisão do juiz eleitoral zonal. No entanto, eles permanecem no cargo até que esgotem os recursos no TRE.

Foto: Instagram/Reprodução
  -  

Lideranças do governo levam demandas de setores impactados por medidas restritivas ao Governo

O líder do governo na Assembleia Legislativa, Júlio César Filho (Cidadania), e os vice-líderes, Augusta Brito (PCdoB) e Walter Cavalcante (MDB), levaram ao governo estadual as demandas dos profissionais de setores impactados pelas medidas restritivas em vigor no estado. Na ocasião, o governo firmou compromisso de analisar alternativas para amenizar os impactos.

  -  

Júlio César Filho segue como líder do Governo Camilo Santana na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Júlio César Filho (Cidadania) segue como líder do Governo Camilo Santana (PT) na Assembleia Legislativa. A confirmação veio em reunião com o governador na terça-feira (27). “Tenho priorizado o diálogo com os parlamentares, a sociedade civil e o Executivo. Essa aproximação é fundamental”, frisa o parlamentar, que ocupa o posto de liderança desde 2019.

  -  

Líder do Governo tenta construir consenso na base para votação de projeto para reduzir taxas e multas

O líder do Governo na Assembleia, Júlio César Filho (Cidadania), tenta construir um consenso na base para a votação, nesta terça (22), do projeto do Governo que chegou ontem (21), à noite, que reduz de 24% para 4% em 2021 o indicador que reajusta taxas, como as do Detran. Para aprovação, seria necessário convocar as comissões para votação em plenário.

  -  

André Siqueira assume nova Secretaria Especial de Parcerias e Concessões de Maracanaú

O prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PSDB), empossou o empresário André Siqueira na nova secretaria Especial de Parcerias e Concessões. A gestão aposta em parcerias entre o setor público e o privado para novos investimentos na cidade. Presidente do SindiAlimentos, o secretário tem a energia solar como foco, além de infraestruturas públicas.

  -  

Prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa discute projeto com ministro da Ciência e Tecnologia

O prefeito de Maracanaú, Roberto Pessoa (PSDB), se reuniu nesta terça-feira (2) com o ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. No encontro, eles discutiram o projeto de Cidade Inteligente, que o tucano quer implementar em Maracanaú. Segundo Pessoa, a intenção é “melhorar a qualidade, desempenho e interatividade dos serviços urbanos”.

  -  

Reforma administrativa será primeira proposta enviada por Roberto Pessoa à Câmara de Maracanaú

A primeira proposta que o prefeito Roberto Pessoa (PSDB) irá enviar para a Câmara Municipal de Maracanaú será uma reforma administrativa. A intenção é extinguir cargos e modificar status de alguns órgãos. Ele pretende criar quatro pastas: da Família, da Agricultura Familiar e Povos Indígenas, da Diversidade e da Ação Social. Elas serão vinculadas à Secretaria de Governo.

Foto: Fabiane de Paula
  -  

Sarto se reunirá com prefeitos do País para debater consórcio para compra de vacinas pelos municípios

O prefeito José Sarto (PDT) se reunirá com o presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette, e outros gestores municipais, nesta segunda-feira (1º), para tratar da criação de um consórcio público para aquisição de vacinas. O anúncio foi feito pelo pedetista neste domingo (28), nas redes sociais, após conversa com o presidente da FNP.

Foto: Natinho Rodrigues
  -  

Presidente da Aprece vai a Brasília tratar de possível compra da vacina russa para municípios cearenses

O presidente da Associação dos Municípios do Ceará (Aprece), Júnior Castro (PDT), deve ir a Brasília, na próxima terça-feira (2), se reunir com representantes da vacina russa Sputnik V sobre as possibilidades de aquisição para prefeituras cearenses. Ele tenta alinhar a agenda com a do governador, que também tentará comprar o imunizante contra a Covid-19.

Foto: Reprodução
  -  

‘Sou favorável, desde que inclua estados e municípios’, diz Eduardo Girão sobre CPI da Covid-19

“Sou favorável à CPI e assinarei (o requerimento para instalação), desde que inclua também a gestão da pandemia nos estados e municípios. Existem indícios de desvios dos recursos para o enfrentamento ao coronavírus em alguns entes federativos, inclusive no Ceará”.

Senador Eduardo Girão (Podemos), sobre instalação de CPI da Covid-19 no Senado.

  -  

“Estou afinado com o Tasso e cobrarei a instalação da CPI”, afirma Cid Gomes após visita de Bolsonaro ao Ceará

Após aglomerações na visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao Ceará, o senador Cid Gomes (PDT) afirmou, neste sábado (27), que também vai cobrar a instalação da CPI da Covid-19 no Senado, para investigar ações do Governo Federal no combate à pandemia. “Estou afinado com o Tasso e cobrarei a instalação da CPI”, frisou o pedetista.

  -  

Após aglomerações em visita de Bolsonaro ao Ceará, Tasso quer instalação da CPI da Covid-19 no Senado

O senador Tasso Jereissati (PSDB) disse ao jornalista Gerson Camarotti (G1) que cobrará do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a instalação da CPI da Covid-19 no Senado. “Bolsonaro cometeu crime de responsabilidade ao mandar as pessoas à morte, estimulando aglomeração”, disse, após visita do presidente ao Ceará. Ao todo, 30 senadores assinaram o requerimento da CPI.

Foto: Moreira Mariz/Agência Senado
  -  

TRE-CE reverte cassação dos diplomas do prefeito e do vice de Mulungu

Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), foi revertida sentença de 1º grau que cassava os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Mulungu, Robert Viana (PL) e Cleanto Uchoa (PP), em ação por abuso de poder. Os juízes também reverteram a cassação do diploma da vereadora  Lyziane do Studart (PL). O julgamento do recurso ocorreu na sexta-feira (26).

Foto: Reprodução
  -  

“Ignora a aflição do nosso povo”, diz Cid sobre aglomeração em visita de Bolsonaro ao Ceará

“A situação da pandemia é gravíssima (…). Enquanto isso, o irresponsável, despreparado e inconsequente presidente da República se cerca de outros tantos irresponsáveis e promovem aglomerações no Ceará. Ignora a aflição do nosso povo”.

Senador Cid Gomes (PDT), em reação à visita presidencial ao Ceará.

  -  

Deputados destinam emendas para a Saúde e atendem pedido do governador, diz Danilo Forte

Após discussão na Câmara, a bancada cearense atendeu ao pedido do governador Camilo Santana (PT), e destinou cerca de 90% da emenda parlamentar para custeio da Saúde no Ceará.  A informação é do deputado Danilo Forte (PSDB). Mais de R$ 100 milhões serão de administração direta do governo. Há também a verba enviada diretamente para as prefeituras.

  -  

“A vida não tem sido fácil”, diz Capitão Wagner ao pedir palmas para Bolsonaro no Ceará

O deputado federal Capitão Wagner (pros) foi o único parlamentar a discursar durante passagem de Bolsonaro pelo Ceará nesta sexta (26). “Queria pedir a todos uma salva de palmas para o presidente. A vida não tem sido fácil nesses dois anos. A gente tem mais um ano e 10 meses de Governo e a gente espera que o presidente Bolsonaro possa entregar muito mais”, disse.

Foto: Kid Junior
  -  

No Ceará, Bolsonaro confirma “mais meses” de auxílio emergencial e critica governadores

O presidente Jair Bolsonaro disse que o Brasil terá “mais meses de auxílio emergencial”. Ele também criticou governadores que determinam normas de isolamento social. “Essa politicalha do fique em casa a economia a gente vê depois, não vai dar certo”. Disse ainda que governantes que “causarem desempregos” terão que bancar o auxílio emergencial”.

Foto: Kid Junior